Capítulo #11: Divina Graça e Espírito Maligno

— O principal obstáculo já foi eliminado. Se Comoros ainda não conseguir fazer isso, só vou ter de escolher um porta-voz diferente. — Wang Yuan olhou para Comoros, que estava no chão, e pensou em silêncio.

Naturalmente, o "porta-voz" teria de ser trocado mais cedo ou mais tarde. Apesar de Comoros agora estar sob o total controle de Wang Yuan, ninguém devia ser subestimado. Quando a autoridade que possuem aumenta, sua ambição faz o mesmo.

A posição determina a percepção. Comoros atualmente tinha bastante conhecimento sobre Wang Yuan, não entender sobre isso agora não significava que não entenderia no futuro. Tal ameaça deveria ser cortada pela raiz.

— Vamos deixá-lo estabilizar a situação do vilarejo primeiro. Afinal, é mais fácil para os humanos aceitarem estar debaixo da jurisdição de alguém familiar, não deve haver muitas objeções. Quando Negary estiver totalmente integrado com a vida dessas pessoas, será a hora de Comoros ser descartado por saber demais. — Wang Yuan flutuou levemente pela área e observou a situação do vilarejo.

Claro, o que mais preocupava Wang Yuan agora era sobre o que o homem chamado Jacob estava planejando. Pelo olhar em seu rosto, não tinha intenção em se render, era natural.

Antes de Wang Yuan e Comoros aparecerem, Jacob era a pessoa mais favorecida do vilarejo. O líder do grupo de caça era seu bom amigo, o próximo chefe do vilarejo com certeza seria ele, sem dúvidas. No entanto, logo após o retorno de Comoros com a vontade de Negary, o antigo chefe foi assassinado, a maioria da autoridade do local tinha ido para as mãos de Comoros.

Tanto por razões pessoais quanto por oficiais, ele não podia aceitar isso. Porém, pela ameaça da praga, os aldeões estavam no lado de Comoros. Afinal, Negary já tinha demonstrado o seu poder, Jacob sabia que se tentasse resistir abertamente, os outros moradores iriam o parar antes mesmo de Negary.

Tudo aconteceu muito de repente, ninguém tinha nada preparado, até o prestigioso chefe foi mordido até a morte na frente de todos. Jacob agora não tinha outra escolha além de engolir sua irritação e planejar adequadamente, antes de ir contra Comoros e o que estava se proclamando Negary.

Abrindo a porta de sua casa, Jacob respirou fundo, sorriu alegremente e disse casualmente: — Isabella, cheguei!

— Chegou mais cedo hoje. — uma mulher loira estava sentada na casa, segurando sua barriga um pouco inflada e perguntou gentilmente: — Escutei um pouco de tumulto lá fora, alguma coisa aconteceu?

— Hmm, algumas coisas ocorreram, mas não se preocupe, vou tomar conta disto! — Jacob sorriu cheio de confiança em sua voz, aproximou-se lentamente de sua esposa, agachou e tocou com cuidado na barriga dela, depois sorriu: — Nala, o papai está de volta. Sentiu falta?

— O problema não é tão pequeno, né? — a mulher aguçada naturalmente percebeu pela estranheza de Jacob e disse com gentileza: — Vou ficar bem, não se preocupe comigo. Você sabe que sou da família Tagula.

Tudo bem, as coisas realmente estão um pouco problemáticas. — Jacob olhou para sua esposa e suspirou: — Comoros foi a única pessoa a voltar da caçada, trazendo consigo o que diz ser o testamento e mensageiros de Negary. Ele até matou o chefe do vilarejo!

— Agora mesmo ele está reunindo os aldeões para que ofereçam suas testas a Negary. — Jacob resumiu o que aconteceu e desistiu de sua falsa confiança: — Minha razão está me dizendo para render, então não haverá perigo.

— Mas meu coração está me dizendo que fazer isto é errado! — — Jacob disse com convicção: — Dax e os outros morreram de forma incerta, o chefe também foi assassinado sem remorso, mas os outros moradores estão com medo de ir contra por causa da ameaça da praga.

— Se eu não lutar contra, sei que com certeza me arrependerei. Mas se eu fizer isto e realmente provocar a praga, não terei apenas errado com o vilarejo, mas terei errado com você também! — Jacob estava se sentindo impotente. De um lado havia o errado a fazer-se, enquanto no outro havia graves consequências que não conseguiria suportar. Isto o deixou incapaz de decidir.

— Quando confrontado com duas escolhas igualmente difíceis. eu acredito que deve escolher a que acha correta. — Isabella abraçou a cabeça de seu marido e o consolou delicadamente: — Vou te apoiar.

— Quanto ao Negary que você falou sobre, acho que é possível ele não ser um Deus — Isabella sorriu.

— Isabella, sabe de algo? — Jacob olhou para sua mulher. Ele sabia que Isabella não era alguém da tribo Cauchy, sua origem não era simples também, então fazia sentido ela saber de alguns segredos.

— O que está se chamando de Negary é possivelmente um Espírito Maligno. — Isabella se lembrou enquanto explicava: — Espíritos Malignos são entidades com habilidades místicas poderosas e estranhas, mas também vivem sob pesadas restrições, então não aparecem com facilidade. Só que até onde sei, eles não têm racionalidade, muito diferente do que você disse.

— Espíritos Malignos, hmm? — Jacob acenou com a cabeça.

— Na minha terra natal, ocorreu uma calamidade com um Espírito Maligno que causou inúmeras fatalidades. Aquele Espírito tinha a habilidade controlar o nevoeiro, era chamado de Diabo dentro do Nevoeiro. Várias pessoas foram perdidas e mortas dentro daquele nevoeiro. O arcebispo da Igreja da Graça Divina teve de purificá-lo e abençoou o mundo com o esplendor do Senhor!

Sua esposa era uma fiel devota da Graça Divina, mas isso não afetava a relação entre os dois, já que Jacob respeitava as crenças dela.

— Isabella, quer dizer que Igreja da Graça Divina tem o método para eliminar o Espírito Maligno? — Jacob apanhou a informação importante do que sua esposa disse. Ele originalmente não acreditava na fé tradicional da tribo Cauchy de Deuses em todas as coisas, então Jacob não rejeitava a ideia de emprestar o poder da Divina Graça para lidar com Negary.

— O Senhor é onipotente! — Isabella sorriu: — Mesmo se Negary não for um Espírito Maligno, deve ser algo parecido, e a Igreja tem uma maneira de lidar com isto.

Wang Yuan estava perto, bisbilhotando a conversa deles e analisando as informações obtidas: — Igreja da Graça Divina? O poder sobrenatural desse mundo?

Esse era um mundo de baixa magia, mas "baixa magia" não era a mesma coisa de "nenhuma magia", e pelo tom confiante daquela Isabella, mesmo se houver exageros, tudo não deve ser falso. Significando que essa "Igreja da Graça Divina" realmente possui algum tipo de poder sobrenatural em mãos.

— Ela disse que o chamavam de Diabo dentro do Nevoeiro. Talvez fosse igual a mim, uma alma remanescente que tinha a habilidade de controlar o nevoeiro. Wang Yuan continuou a analisar os detalhes da conversa deles e avaliou sua própria situação.

— Independente de outras coisas, por agora, decidi que o Jacob não pode ser deixado vivo — Wang Yuan decidiu primeiro lidar com Jacob e flutuou lentamente para longe. A Igreja da Graça Divina já tinha formado uma religião, então devem ser bastante mais poderosos do que Wang Yuan era, não era bom mexer com eles agora.

No outro lado, onde Comoros ainda estava expressando a vontade de Negary para os aldeões, ele sentiu uma coceira, então viu os dois corvos voando e aterrissando perto, sinalizando que Comoros devia segui-los.

Ele não tinha coragem de deixá-los esperando então rapidamente o seguiu, chegando perto de uma construção que no momento havia a neta do chefe dentro. Já que tinha sido mordida pelas bestas Nael infectadas, Comoros a prendeu ali com a desculpa de não deixar a praga se espalhar.

Wang Yuan estava flutuando perto da garota. Ela estava apertando a ferida em sua mão com uma expressão pálida, quando caiu fracamente no chão. Ela tinha o charme de uma garota bonita doente, mas isto não era útil para nada. Logo, assim que a força de interferência agiu, a garota franziu, agarrou sua cabeça com uma expressão de dor e caiu morta no chão sem um som.

keyboard_arrow_left Anterior Próximo keyboard_arrow_right
Você pode usar o atalho Ctrl+ ou Ctrl+ para navegar entre os capítulos

Olá, deixe seu comentário sobre o capítulo Divina Graça e Espírito Maligno

Já temos 1 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Guarda-chuva Azul

Guarda-chuva Azul

Obrigado pelo capitulo!
★★★★☆DIA 20.10.20 21h57RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/