Capítulo #5: Disseminação

— Se outros fantasmas e assombrações quisessem viver, tinham de matar pessoas, era a única maneira de sobreviverem. — Wang Yuan pensou: — Mas toda vez que matam alguém, precisam absorver o ódio e relutância de morrer. Enquanto isso continuasse, os fantasmas se tornariam cada vez mais violentos.

— Só que é provável que eles não consigam matar uma única pessoa. — Wang Yuan flutuou lentamente em volta do corpo para absorver a névoa branca. Até mesmo ele achava muito difícil de matar alguém sem a ajuda dos corvos.

Ele teria de chegar muito perto de quem quer matar, usar a sua névoa branca para neutralizar a que circulava o alvo e só então utilizar da sua fraca força de interferência nos órgãos frágeis da pessoa. Se acontecesse de ela ser um pouco mais saudável do que alguém normal, não havia garantia que Wang Yuan conseguiria matá-la desse modo.

— Por isso é difícil para um fantasma evoluir. — agora ele estava pensando em como lidar com as sete pessoas restantes, já que eliminar todos seria um desperdício. Ele não conseguiria absorver nada de suas névoas brancas para não ser contaminado pelas emoções negativas.

— A razão pela qual estou sendo contaminado quando absorvo é que eles sentem dor, ódio e relutância em relação a morte! — Wang Yuan se lembrou de certo tipo de pessoas: — E se eles morressem calmos, ou até mesmo alegres?

— Há espaço para manipulação aqui. — ele estava se lembrando um pouco da informação que obteve ao absorver as memórias daquela pessoa: — Negary, o Deus das doenças e dos presságios, hmm?

— De acordo com essas memórias, o Sistema realmente não mentiu, esse é um mundo de baixa magia. — Wang Yuan acreditava na existência de Deuses porque, se algo tão inacreditável como uma viagem interplanetária já aconteceu, não havia razão de Deuses não existirem, só que ele não acreditava havia algum nesse mundo.

— Afinal, é impossível que seja igual ao Reino de Sakura com mais de oitocentos deuses existindo de uma vez.

Segundo as memórias, esse mundo era dividido em vários continentes com diferentes raças humanas. Por exemplo, eles eram a tribo Cauchy, e acreditavam em tudo que tinha o nome de um Deus, como Negary, o Deus das doenças e dos presságios, Manyus, a Deusa do azar e Nenshi, a Deusa da nova vida. Havia muito mais, com todos representando um conceito que a tribo encontrou.

De acordo com o nível de fé deles, a maioria dessas pessoas eram considerados pouco crentes. Por exemplo, cervos eram considerados mensageiros da Deusa da sorte, Ryles. As lendas diziam que qualquer que matasse um cervo seria abandonado pela Ryles e deixado para sua irmã mais nova, Maynus. Entretanto, se um cervo aparecesse agora em frente ao grupo de caça, podia-se facilmente acertar se o matariam ou não.

Portanto que não fossem particularmente afetados, prestariam atenção nos tabus, mas se a situação se tornasse ruim, não pensariam muito antes de agir.

— Por causa disso, os mais velhos devem ser pessoas experientes, então têm de morrer. — ele pensou assim.

Para várias pessoas, a fé era algo periódico. Na adolescência, algumas pessoas manteriam um pouco de respeito pelas crenças, porém, após ganharem mais experiência de vida, perceberiam que não eram nada além de tradição. Claro, interessantemente, depois de atingirem uma idade avançada, iriam prestar muita atenção nessas crenças.

— Só preciso fazer uma coisa, fragilizar a mente deles e controlá-los. — Wang Yuan aprendia rápido, já que isso foi a mesma coisa que o Sistema fez com ele. Primeiramente o fragilizou, depois controlou a sua vida e morte e roubou sua Aura de Protagonista. E, agora, para ter uma vida melhor, faria a mesma coisa.

Ouvindo as vozes vindo de longe, Wang Yuan deixou os corvos, que estavam bicando o corpo, voarem e esperou silenciosamente ali.

Com o tanto que a sua alma tinha se recuperado, conseguia sentir claramente a situação dos germes dentro dos corvos. Ele percebeu que ainda estavam mutando o tempo todo, consumindo a energia dos corvos, deixando-os sempre com fome.

— Se isso continuar, com certeza os corvos não aguentarão. — Wang Yuan esperou quieto: — Mais forte, preciso ficar ainda mais forte!

Alguns momentos depois, o grupo chegou com suas armas, encontrando o corpo mutilado. A expressão de Dax sob a luz da tocha parecia ser um pouco incerta.

Essa não era a primeira vez que um membro do grupo de caça morria no ano, mas dessa vez foi diferente. Por alguma razão desconhecida, alguém morreu sem ser capaz de ao menos gritar, isso deu a Dax um sentimento ruim.

No entanto, como o líder, ele não podia demonstrar preocupação ou incerteza, senão, todos entrariam em pânico e impossíveis de comandar.

— Enterrem o corpo do Naike no lugar. — Dax falou, de repente franziu ao pegar uma pena preta do chão e olhou de novo para as feridas do corpo, depois falou com seriedade: — Não tirem as armas de perto, pode haver outra emboscada.

— Um seguidor de Negary. Ele está nos olhando? — Comoros falou com um pouco de medo enquanto olhava para a pena preta.

— Papo furado! — o rosto de Dax ficou sombrio: — Por que Negary estaria nos vigiando? Só foi um acidente. Se não tem nada para fazer, só vá dormir, e seja mais cuidadoso no seu turno de vigia.

Todos estavam sérios, mas não contrariaram as palavras de Dax. Dois dos membros próximos ao corpo de Naike se colocaram a disposição e carregaram o corpo mutilado para outro lado, antes de começarem a cavar um buraco para enterrá-lo.

Apesar dos dois caçadores que enterraram o corpo estarem tristes, não pensaram muito nisso. Essa era apenas a vida para esse povo: morrer de fome, morrer em luta contra a tribo Kent, morrer de doenças, morrer atacado por uma besta selvagem etc. Eles já tinham visto mortes assim inúmeras vezes para contar.

Jogando o corpo no buraco, sentiram o cheiro de terra recém cavada misturada com sangue e começaram a encher de terra pouco a pouco.

O buraco não era tão profundo, então depois de um tempo algum animal iria sentir o cheiro do sangue, cavar até o corpo e degustar a sua refeição fácil, mas eles não ligavam, apenas queriam cobri-lo para se sentirem melhor.

Após terminarem de enterrar, os dois respiraram profundamente, sentindo um enorme cansaço. Isso realmente os surpreendeu, já que, como membros do grupo de caça, estar doentes seria igual a jogar suas vidas fora. Porém, tudo o que fizeram foi cavar um buraco, como podiam estar tão cansados?

— Cof, Cof, alguma coisa não está certa. — um deles tossiu e disse: — A noite não tão fria, por que estou tonto?

— Também estou, vamos voltar e dormir perto do fogo — a outra pessoa também tinha uma expressão terrível.

Nós estamos com muito azar ultimamente, sem presas. uma pessoa morreu e agora até eu estou doente. — ele pensou.

Quando os dois voltaram ao acampamento, o vigia da noite até perguntou o porquê de terem demorado tanto, então os dois explicaram superficialmente o que ocorreu, beberam água quente e adormeceram perto do fogo. Os dois dormiram rezando para o Deus da saúde, Herlo, com esperanças de que se recuperariam pela manhã.

Wang Yuan flutuou perto deles e observou a fraca névoa branca ao redor de seus corpos, sem dizer nada.

keyboard_arrow_left Anterior Próximo keyboard_arrow_right
Você pode usar o atalho Ctrl+ ou Ctrl+ para navegar entre os capítulos

Olá, deixe seu comentário sobre o capítulo Disseminação

Enviando Comentário Fechar :/