Capítulo #3: Negary

Partes de névoa branca saíram do corpo de uma criatura parecida com um coelho e foram absorvidas pelo corpo de Wang Yuan. Após sentir o total de névoa branca ao redor de sua alma, Wang Yuan calculou rapidamente o quanto duraria.

No caminho até aqui, ele tinha descoberto algumas coisas novas.

A mais importante era relacionado aos treze corvos.

Como já esperado por Wang Yuan, os treze corvos ainda carregavam os germes mutantes em seus corpos, eles eram na verdade treze agentes patogênicos, então qualquer animal que entrasse em contato com seus fluídos seria infectado.

Enquanto se movia, comandava os pássaros para capturarem outros animais, a fim de conduzir experimentos de infecção, repetindo-os mais de cem vezes nessa altura.

Diferente dos corvos, todo animal que foi infectado morria entre meia hora e até um dia, claro, essa conclusão também podia ser devida a falta de espécimes.

Pelos últimos dias, Wang Yuan também descobriu bastante seres vivos diferentes dos animais da Terra, mas nenhum conseguiu resistir de serem mortos pelos corvos, já que os treze carregavam a bactéria mortal. Uma vez sendo bicados, com certeza morreriam.

No entanto, esses animais demonstraram diversas reações diferentes após serem infectados. Entre eles, o tempo até a morte da maioria dos mamíferos foi o mesmo de Wang Yuan, as espécimes experimentadas incluíam herbívoros parecidos com coelhos, bestas parecidas com tigres-dentes-de-sabre e alguns primatas.

Os sintomas foram sangramentos nasais, perda de força dos membros seguidos de vômitos ou evacuações incontroláveis, antes de caírem e morrerem. Todo o processo demorava cerca de meia hora até uma hora e onívoros geralmente duravam mais.

Os insetos se saíam bem piores, logo que eram tocados pela urina ou fezes dos corvos começavam a contorcerem-se de dor por apenas dez minutos antes de morrerem. A quantidade de névoa branca que eles forneciam também era ridiculamente pequena, então Wang Yuan tinha ignorado qualquer outras experimentações em insetos.

Pássaros tinham a maior imunidade a esse tipo de verme, após infectar dez espécies, descobriu que o tempo médio de sobrevivência deles era de dezoito horas. As espécies que sobreviveram mais até começaram a mutar como os corvos, perdendo as penas e crescendo novas, porém, infelizmente, também morreram após vinte e sete horas, sem nenhuma mutação com sucesso.

A principal razão de Wang Yuan ter morrido apenas alguns minutos depois de ter chegado a esse mundo foi porque vários germes e doenças agiram simultaneamente nele, combinados com a repentina mudança de ambiente. Atualmente, todos os germes que viviam nos corvos já tinham mutado várias dúzias de vezes, não eram os mesmos que mataram Wang Yuan antes.

Na verdade, os germes ainda estavam sofrendo mutações sem parar, e Wang Yuan não sabia se era só a sua imaginação, mas agora conseguia sentir um pouco a existência deles.

— A névoa branca está sendo consumida muito rápido — agora ele estava escondido em uma caverna. Atualmente, estava no meio do outono, então a luz solar de meio-dia não era tão intensa, mas se Wang Yuan ficasse sob a luz solar, a névoa branca iria desaparecer ainda mais rápido. No momento ele não tinha muita névoa para gastar.

O que foi dito sobre não ter fantasmas ao meio-dia no seu antigo mundo tinha fundamento. De acordo com a dedução de Wang Yuan, a névoa branca tinha o mesmo efeito de um corpo, por isso protegia sua alma.

Os corvos saiam para caçar e traziam as presas de volta para a caverna. As presas eram trazidas vivas, mas infectadas com a bactéria, então se torciam e gritavam até a morte, ao passo que a névoa branca saia de seus corpos e reabasteciam o que Wang Yuan tinha usado.

E graças aos corvos o fornecendo com frequência aura gélida, Wang Yuan finalmente começou a sentir sua alma ficando completa de novo. Ele se sentia como um balão que estava furado e tentando o tempo todo tampar os buracos para não deixar o ar escapar.

Nessa comparação, o seu corpo era o balão e sua alma o ar, agora que o balão estava furado, mais da metade do ar já tinha vazado, então tinha de usar outras coisas para não perder o resto também.

De um ponto de vista técnico, ele não era a mesma pessoa de quando era humano, até mesmo uma parte da sua alma estava sendo fornecida por corvos. Ele não era nada além de uma alma remanescente, apesar de ter a maioria das memórias de Wang Yuan e parte de sua alma.

— Vou precisar de uma provisão constante de névoa branca. Se possível, vou precisar de mais corvos para me darem mais aura e completar minha alma. — Wang Yuan tinha esse pensamento, mesmo com treze corvos enviando aura gélida, ainda era longe do suficiente.

— Provavelmente, se eu reconstituir totalmente a minha alma, não irei precisar mais me preocupar com a névoa branca acabando e expondo a minha alma.

— Será inverno em breve também, não preciso me preocupar com as temperaturas, mas os corvos sim.

— E os germes vão continuar mutando, é possível que os corvos morram a qualquer momento de uma mutação.

— Se morrerem, sem a caça deles por mais criaturas para reabastecer a névoa branca, a única coisa que me espera é a morte.

— O que significa que tenho de achar rapidamente formas de vida inteligente, só assim conseguirei desenvolver minhas forças de uma maneira organizada. — dentro da caverna sem poder sair, Wang Yuan não tinha nada para fazer além de colocar esse plano em prática.

Ele estava sentindo urgência, já que estava constantemente no limiar da morte, um passo errado e seria eliminado, sem nada restante.

Após o céu escurecer, Wang Yuan começou a se mover de novo, os corvos voavam a frente como os seus batedores, procurando por sinais de vida humana. Wang Yuan tinha uma certa sensação de que, quando encontrasse humanos, vários dos problemas dele se resolveriam.

 

 

— Comoros, tome cuidado! — um homem barbudo usou uma adaga para tirar uma aranha do ombro de um jovem em sua frente e esmagou-a com seu pé.

— Obrigado, tio Dax! — o jovem chamado Comoros aparentava ter apenas cerca de 14 ou 15 anos. A sua jovem face mostrava um pouco de medo enquanto agradecia rapidamente o barbudo.

— Guarde o seu obrigado para Manyus. Eu não sei se é porque ela está a olhando por nós, mas só conseguimos isso de caça após três dias — Dax guardou a adaga, acariciou sua barba e suspirou. Manyus era a Deusa do Azar que as tribos Cauchy acreditavam.

Não havia comida o suficiente no vilarejo e eles ainda tinham de lidar com os danos causados pela maldita tribo Kent. O grupo de caça foi formado dessa vez com esperanças de conseguir trazer um pouco mais de comida e ajudar a tribo a sobreviver nesse inverno.

— Cuá, Cuá, Cuá — com um estranho grasnido, um corvo preto que era maior que o normal aterrissou em um galho de uma árvore, virando sua cabeça para olhar para o grupo de pessoas.

—Merda, num seguidor de Negary, então foi você que trouxe má sorte! — um membro do grupo de caça viu o corvo no galho e franziu as sobrancelhas. Negary na língua Cauchy significava sujeira, doença, escuridão e mau presságio. E também era o nome de um Deus. Por causa das penas pretas do corvos, o seu grasnido estranho e a característica carniceira, eram chamados de "seguidores de Negary".

No folclore deles, todo corvo no mundo era um seguidor do Deus chamado Negary, ajudando-o a espalhar doenças e presságios.

Quando o barbudo Dax encaixou uma flecha em seu arco e estava prestes a atirar, percebeu que o seguidor de Negary já tinha voado.

keyboard_arrow_left Anterior Próximo keyboard_arrow_right
Você pode usar o atalho Ctrl+ ou Ctrl+ para navegar entre os capítulos

Olá, deixe seu comentário sobre o capítulo Negary

Enviando Comentário Fechar :/