Capítulo #69: Tirando Proveito dos Seus Status

"Mas…"

"Acho que devemos respeitar sua escolha." 

Yamakaji queria dizer mais coisas, mas quando o contra-almirante disse para respeitar sua escolha, Yamakaji o olhou, olhou para Roja e balançou a cabeça.

"Bem, já que essa é sua escolha... Você precisa ter cuidado. Embora você seja forte, alguém com uma recompensa de 200 milhões de berries no Novo Mundo não é alguém fraco."

"E esse bando pirata é extremamente cruel. Uma vez mataram uma ilha inteira."

"Obrigado pelo aviso." Após agradecer, Roja se virou e saiu do escritório de Yamakaji.

Olhando Roja sair, Yamakaji balançou a cabeça e disse. "Realmente ele é tão impulsivo quanto o Sr. Garp..."

Ao lado dele, o contra-almirante tinha uma expressão feia em seu rosto, mas em seu coração, ele estava rindo em voz alta.

Inicialmente, ele pensou que seu plano havia falhado, mas ele não espero que Roja ignorasse a dificuldade do teste e optasse por fazer agora. Ele não só não esperou, mas escolheu o bando pirata mais brutal.

Roja conseguia destruir a máquina de força. Então, alguém com a recompensa de 200 milhões não era perigoso para ele. Entretanto, o bando pirata que escolheu não era normal. Sempre que lutavam, eles matavam e se estivessem em desvantagem, fugiriam sem hesitar.

Roja foi descuidado, ele tinha chances de morrer no teste e, embora ele apenas quisesse criar problemas para Roja, o contra-almirante adorou ver seu plano acabar assim.

... 

A missão de capturar os Piratas da Espada Prateada foi dada à divisão G-4. Essa era a missão de Roja, então ele foi enviado para lá.

"Bem, alguém do campo de elite está aqui para fazer o teste de graduação. Sua missão é capturar os Piratas da Espada Prateada conosco, o capitão deles possuí a recompensa de mais de 200 milhões de berries..."

O vice-almirante olhou para Roja com espanto, ele também era aluno de Z e sabia tudo sobre o teste. Ele recebeu um aviso de Marineford sobre a chegada de Roja e ficou surpreso.

"Então, quando iremos?"

Roja parecia gentil e calmo. Ele não sentia pressão vindo do vice-almirante.

"Agora."

O vice-almirante olhou profundamente para Roja e disse. "Os Piratas da Espada Prateada acabaram de roubar um navio mercante. Além disso, todas as pessoas no navio foram mortas, eu estava prestes a enviar um navio de guerra para destruí-los."

"Entendido." Roja assentiu e então se virou e caminhou em direção à porta.

O vice-almirante olhou para as costas de Roja enquanto balançou ligeiramente a cabeça. Esse cara... Ele acha que alguém com uma recompensa de 100 milhões e 200 milhões é o mesmo? Eu não sei o que as pessoas de Marineford pensaram para o enviar em um teste desse.

Enquanto pensava nisso, o vice-almirante pensou em outra coisa e seus olhos brilharam.

"Monkey D. Roja... Monkey D... Esse cara e Garp... Se isso é verdade, não é necessariamente errado enviar ele."

O vice-almirante queria ligar para Marineford e perguntar sobre Roja, mas ele de repente, quando pegou o Den Den Mushi, colocou de volta no gancho com uma expressão pensativa. 

...

Base G-4 da marinha.

Um grande navio de guerra estava preparado para navegar. Muitos marinheiros estavam com expressões sérias, eles estavam com suas armas e intenção de matar afiados.

Quando a recompensa do capitão pirata estava na casa dos 200 e acima, havia pelo menos três contra-almirantes e em certas condições, mesmo um vice-almirante iria.

Na base G-4, havia apenas dois vice-almirantes. Um era responsável pela base e o outro iria com o navio de guerra quando precisasse.

Neste momento, o vice-almirante responsável por capturas, já estava em uma missão e o outro vice-almirante não podia deixar a base. Eles não tinham outra opção senão aumentar o número de contra-almirantes enviados para o teste de Roja. Então, enviaram 5 contra-almirantes.

Originalmente queriam enviar mais contra-almirantes, mas com a chegada de Roja, eles puderam remover alguns.

No navio de guerra, os cinco contra-almirantes estavam lidando com todos os assuntos relativos a missão. Depois de terminarem, eles receberam a informação que um marinheiro especial iria com eles na missão com eles.

Depois de um momento, Roja pôde ser visto embarcava no navio. Os contra-almirantes ficaram atordoados enquanto Roja embarcava no navio.

Por Roja ainda não ter terminado o teste de graduação, ele ainda não tinha patente e vestia seu uniforme de recruta.

"Se esse é o navio de guerra que irá capturar Piratas da Espada Prateada, então já podemos ir. Não devo ter entrado no barco errado..."

Roja olhou para os contra-almirantes atordoados enquanto deu de ombros e entrou na cabine.

"..."

Todas as pessoas a bordo estavam olhando uns para os outros e, depois que Roja entrou na cabine, um alvoroço subitamente surgiu.

"O que está acontecendo?"

"O que há de errado com esse cara. De onde ele veio?"

Os contra-almirantes entraram em contato com a base e após a confirmação, eles acreditaram que esse recruta era o marinheiro especial de Marineford. Como ele era um marinheiro especial, eles não podiam lhe dar ordens.

Com isso, os contra-almirantes e os soldados tinham expressões feias, pois achavam que Roja estava utilizando seu status especial para receber pontos de guerra.

Na marinha, o número de vezes que você capturava piratas aumentava seus pontos de guerra. Os pontos de guerra não podiam aumentar sua patente, mas o ajudaria a conseguir uma variedade de itens.

Quanto maior o serviço prestado, mais coisas podiam ser conseguidas.

As forças da marinha estavam espalhadas pelo mundo e sua influência era muito maior que qualquer bando pirata. Com os recursos que tinham, não havia dúvidas que tinham uma variedade de itens para serem trocados. Akumas no Mi, por exemplo, podiam ser trocadas com os pontos de guerra. Mesmo uma Akuma no Mi do tipo Logia podia ser trocada por pontos de guerra.

No entanto, isso precisava de muito esforço e muitos pontos.

Roja era de Marineford, ele pode segui-los para capturar o bando pirata e eles não tinham direito de dar ordens a ele. Então, ele podia ficar escondido no navio de guerra sem lutar contra nenhum pirata.

Se isso não é usar seus status para conseguir pontos de guerra, o que é?

Além disso, seus status parece ser alto. Mesmo o vice-almirante não podia dar ordens a ele.

"Bem, vamos partir."

"O vice-almirante não pode fazer nada... isso é realmente..." 

"Os status dele é realmente grande?"

Os contra-almirantes balançaram a cabeça e expuseram uma expressão irritada, mas indefesa. No fim, eles o ignoraram. 

Notas do Capítulo:

Avaliação e Análises: Se você realmente está gostando de God of Soul System, por favor considere dar 5 estrelas na Central Novels: https://centralnovel.com.br/novel/god-of-soul-system

keyboard_arrow_left Anterior Próximo keyboard_arrow_right
Você pode usar o atalho Ctrl+ ou Ctrl+ para navegar entre os capítulos

Olá, deixe seu comentário sobre o capítulo Tirando Proveito dos Seus Status

Enviando Comentário Fechar :/