Capítulo #70: Um Novo Ponto de Partida. (2)

 

Dentro de uma casa de campo localizada na província rural de Jeolla, a filmagem de um certo programa de entretenimento estava acontecendo. O programa era chamado de "Casa de Campo dos Cavaleiros", era considerado o preferido dos Cavaleiros atualmente.

O conceito do programa era conforme sugerido pelo nome.

Nove Cavaleiros ficavam morando em uma casa localizada na área livre de Monstros de Jeolla enquanto realizavam "missões" e participavam de "jogos" planejados pelos produtores, bem como cozinhando suas próprias refeições e conversando sobre variados assuntos.

No começo, a ideia podia parecer bem simples, mas por contar com nove pessoas de personalidade forte, muitas situações boas para o entretenimento acabavam sendo captadas pelas câmeras. Por exemplo, como oito dos nove participantes foram treinados desde bem jovens para virarem Cavaleiros, apenas um sabia cozinhar o arroz direito, então, claro, o caos se estabelecia em todas as refeições.

Entre os personagens diversos, quem mais tinha fãs era, claro, Yu Sae Jung.

Embora ela mantivesse uma expressão indiferente quase o tempo todo, o sorriso deslumbrante, mais brilhante que o próprio sol, que às vezes aparecia em seu rosto, fazia com que fosse a mulher mais encantadora na tela. Não seria exagero dizer que o programa era tratado como uma prioridade pelo seu fã-clube oficial.

Então, de certo modo, Yu Sae Jung se beneficiou muito do show, além de ser a colaboradora mais importante dele.

— Faz muito tempo, Sae Jung~~ Esta Unni pensou que ficaria louca se não te visse~~!!

— Mesmo a gente tendo se visto há apenas duas semanas?

As filmagens dos episódios ocorriam quinzenalmente, durante o período de quatro dias e três noites, e, assim, de alguma forma, parecia que tinham passado anos desde que todos os nove puderam se reunir. Reuniram-se na sala de estar, compartilhando saudações entre si, e esperaram que o produtor apresentasse o novo desafio.

— Caramba Sae Jung! Que colar é esse?

Enquanto esperavam, uma Cavaleira chamada Kim Hui Soo apontou para o colar de Sae Jung e questionou.

— Hm, oi?? O que?

Embora ela já esperasse, agora que a pergunta finalmente apareceu, Sae Jung não pôde deixar de se sentir meio nervosa. Ela poderia usar a "publicidade indireta" como desculpa, mas... Bem, esse colar foi o primeiro presente que aquele homem lhe deu.

— Hmph. Um namoradinho comprou para você?

Um Cavaleiro, sentado em um sofá, perguntou descontente, seu olhar claramente insatisfeito.

Ele era Sohn Chul Joon, um Cavaleiro de Nível Alto da Ordem de Cavaleiros Goryeo — e, supostamente, possuía certo interesse em Yu Sae Jung. Embora o tal interesse não fosse por nada além da incapacidade dela em cozinhar, então ele ajudava um pouco com suas habilidades; mas já que pareciam bem quando juntos na tela, os produtores, escritores e o público criaram suas próprias narrativas para a relação.

— Uau, é sério? Meu Deus, um grande evento surgiu antes mesmo de as filmagens começarem?

— Mas as filmagens já não começaram?

— Bem, Sae Jung, foi mesmo um namorado quem te deu isso de presente? Não, não, Sae Jung já está namorando? Uau, Chul Joon Oppa está lascado agora~

Na mesma hora, todos os nove Cavaleiros começaram a berrar, o foco da conversa era o colar de Yu Sae Jung. Esse era o charme do show do momento, onde as cenas de uma conversa incessante enchiam o ar.

— N-não é bem assim!!

No final, Yu Sae Jung teve que gritar e, só então, os sons das conversas cessaram.

O rosto dela se avermelhou como se pudesse explodir devido à atenção dirigida a ela por todos seus colegas de elenco e equipe de filmagem, ou seja, cerca de sessenta pessoas.

Se fosse a Yu Sae Jung de sempre, teria assumido a mesma atitude fria e indiferente de todas as outras vezes e acabaria com o problema ali, mas como isso estava ligado a Kim Sae Jin, não conseguia manter a cara calma.

— Bom, é um presente, sim, mas...

— Mas não é de um namorado, é isso que você quer dizer?

Sohn Chul Joon riu e, por algum motivo desconhecido, alisou o cabelo para trás.

Péssimo, Yu Sae Jung não disse nada.

Para ser sincero, ela nunca tinha entrado em um romance antes, e talvez por causa dessa inexperiência, estava ficando bastante consciente da presença de Kim Sae Jin, que era diferente da dela.

Eles se abraçaram, claro, mas desde que ele não disse nada em voz alta, parecia certo que não havia nada concreto. Mas e se ele não gostasse das declarações que ela poderia dar?

— E aí, qual é a verdade?

Sohn Chul Joon perdeu a compostura por um momento. Independente disso, Yu Sae Jung não abriu a boca por um longo tempo, até que...

— Não ganhei de um namorado, é um presente proveniente de um contrato de patrocínio...

No final ela negou qualquer coisa.

Assim que Sohn Chul Joon soltou um suspiro de alívio, desta vez foram as Cavaleiras que saltaram sobre ela como bandos de bestas famintas. Mesmo todas sendo Cavaleiras, ainda eram mulheres. Começaram a fazer perguntas sobre o colar, sobre onde poderiam comprar, o preço, se o rubi era real, coisas do tipo...

— Bem, todos, por favor, acalmem-se. Estamos filmando de verdade agora.

Somente quando o produtor disse isso que o burburinho chegou ao fim.

"Isso já parece o bastante."

Havia um enorme sorriso estampado no rosto do produtor. Era compreensível, já que uma potencial mina de ouro foi encontrada tão rapidamente.

Além de tudo, a rara visão de Yu Sae Jung agindo com timidez foi maravilhosa o bastante para fazê-lo querer abraçá-la.

"Não, não, não, não, não, com certeza não."

O produtor balançou a cabeça de um lado para o outro e mostrou um cartaz com a missão dos participantes impressa nela.

— Bom, vocês devem estar com fome agora. Por que não preparamos algo para comer?

 

*   * *

 

Durante uma tarde com um sol brilhante.

Sete Cavaleiros foram incumbidos para a missão: coleta de ingredientes para fazer a comida. Enquanto isso, Yu Sae Jung ficou para trás tentando aprender a cozinhar com Sohn Chul Joon.

Mesmo chamando isso de cozinhar, sem ingredientes para a prática, ela estava apenas fazendo arroz. Mas Sae Jung estava prestando atenção total ao que Sohn Chul Joon falava.

Antes, ela apenas fingia que queria aprender, por estar sendo filmada, mas a partir de algum momento — não, a partir de quando conheceu Kim Sae Jin, seu modo de pensar mudou.

Pensar na aparência de Sae Jin apreciando sua culinária... só isso já seria o suficiente para fazê-la feliz.

— É o suficiente?

Yu Sae Jung apontou para a panela cheia de arroz enquanto mantinha uma expressão desnecessariamente animada.

— Sim. E também está bom de água.

Vendo sua aparência adorável, Sohn Chul Joon riu um pouco e estendeu a mão para acariciar sua cabeça. No entanto, a velocidade de reação de Yu Sae Jung foi incrível, e a mão dele acabou acertando apenas o ar.

— Keheum... Oh, um mosquito.

Ficando agora envergonhado, Sohn Chul Joon acenou com a mão mais duas vezes, como se realmente houvesse algum inseto ali ou algo do tipo.

— Agora vamos preparar a sopa.

 

*   * *

 

— Vou te comprar algo mais caro depois.

Durante o intervalo entre as filmagens, Sohn Chul Joon de repente apontou para o colar de Yu Sae Jung e revelou um grande sorriso.

— Oi?

— Eu quis dizer isso mesmo.

Discutir sobre a compra de algo caro com alguém da terceira geração de um Chaebol foi a coisa mais estranha do mundo, visto que ela podia ter qualquer coisa que queria — mas para manter uma boa imagem pública, nas entrevistas sempre disse que vivia como qualquer outra pessoa, recebendo apenas uma mesada. Então, o mal-entendido de Sohn Chul Joon foi até que compreensível.

— Você quer dizer algo mais caro que isso?

Yu Sae Jung olhou para ele com o rosto incrédulo. Talvez essa situação tenha acontecido porque os artefatos da "O Monstro" ainda não tinham sido revelados para o mundo. Ela achou desagradável a atitude dele de desprezar o colar, mas ele permanecia confiante.

— Claro. Sei que o verdadeiro valor de um presente não é avaliado apenas por seu preço, mas posso dizer que devem existir muitos colares mais bonitos por aí.

Com uma expressão meio estranha, Yu Sae Jung o fitou por um tempo, até que...

— Você provavelmente precisa de um diamante rosa caso queira algo de maior valor...

Ela murmurou.

Infelizmente, como ele estava muito ocupado pensando em seu próprio comentário, não conseguiu ouvir o que ela disse.

— Mm? Você disse alguma coisa?

— Não, na verdade não...

 

*   * *

 

Enquanto Yu Sae Jung estava aprendendo a cozinhar para Kim Sae Jin, ele estava treinando duro nas instalações subterrâneas de treinamento "exclusivas para membros" abaixo da sede da Associação.

— Wow, o que é isso?!

Mas Sae Jin não estava sozinho na instalação. Isso porque a Ordem de Cavaleiros que foi escolhida para fazer uma parceria com a "O Monstro", a Ordem Corvos, enviou um Cavaleiro para ajudá-lo em seu treinamento.

— Senhor Sae Jin, suas habilidades físicas são incríveis!!

E a Cavaleira designada para essa tarefa, Yi Hye Rin, estava ocupada elogiando-o.

Yi Hye Rin ficava em segundo lugar apenas para Kim Yu Rin no tópico de aparência da Ordem Corvos, e graças a sua personalidade sociável, era muito ativa na indústria de entretenimento.

E como o único hábito de Sae Jin era assistir televisão, ele obviamente a conhecia. Além disso, ela também era uma das pessoas que recebeu uma arma feita pelo Orc.

— Se você me classificasse com os padrões de um Cavaleiro, onde acha que eu estaria?

— Hmm, não sei... talvez Nível Intermediário Inferior? Acho que deve ser mais ou menos isso.

A razão pela qual a Corvos enviou Yi Hye Rin dentre todos os Cavaleiros de sua Ordem era, claro, a famosa armadilha feita de mel. Afinal, Kim Sae Jin continuava sendo um homem, não?

— Ah. Sério?

Devido Às palavras dela, Sae Jin ficou incrivelmente abatido.

Ele não fortaleceu seu corpo com o Espiritualismo. Então, isso significava que as estatísticas do Humano Kim Sae Jin tinham atingido o nível de um Cavaleiro de Nível Intermediário Inferior. Isso devia ser o bastante para dar orgulho, mas...

“Ainda é cedo demais para eu dar um passo além.”

Não era o bastante para lutar contra Vampiros em sua Forma Humana.

— Por que você está tão desapontado? Isso é algo bem incrível, você deve saber~~

Yi Hye Rin elogiou o abatido Sae Jin. No entanto, em vez de um encorajamento tão cortês, o que ele queria era um regime de treinamento adequado.

— Vamos para a próxima etapa do treinamento? O que é agora, treino com armas?

— Ah, sim. Vamos fazer isso, Vamos, vamos~~

Depois de determinar seus limites físicos, foi a vez do treinamento em artes marciais relacionadas a armas. Uma Passiva especial do Orc, a "Maestria com Armas" era aplicada nisso. Os níveis da habilidade eram tão altos que, agora, ele poderia, teoricamente, usar qualquer tipo de arma melhor do que um usuário de alto nível.

— O que devemos usar primeiro~~ Uni, duni, tê~~

Yi Hye Rin acelerou em direção do armário de exibição de armas e pegou duas espadas longas, dando uma delas para Sae Jin.

— Primeiro, espada. Bom, é a arma mais popular. Já que é tão simples, é fácil envolver com Mana, e também é melhor para iniciantes aprenderem a usar. Mas existem tantos tipos de espadas... Então, as espadas que vamos usar hoje são conhecidas como espadas longas...

Yi Hye Rin realmente falava muito, sempre com um sorriso brilhante. No começo, Sae Jin ficou um pouco irritado, pensando se sua personalidade era mesmo sempre assim, mas...

— Isso, swoosh, swish!! E aí, não consegue ver nem uma pós-imagem, não é~~?

Quanto mais ele a observava, menos conseguia manter o rosto sério. Ele entendeu por que ela era mais famosa como artista do que como Cavaleira.

— Ah, por acaso, você já usou espadas antes?

Yi Hye Rin perguntou com uma voz surpresa quando Sae Jin desembainhou a espada do mesmo modo que um perito no assunto.

— Não, nunca. Só usei algumas armas grotescas enquanto caçava, mas nunca recebi nenhum treinamento real.

— Oh... então é assim.

Ela tomou uma postura de luta enquanto se contraía um pouco.

— Bem, então, devo começar a testar sua habilidade agora?

— Por favor, faça isso. A propósito, você não precisa se conter comigo.

Quando ele balançou a espada para soltar seu pulso, a imagem da lâmina oscilou e dançou no ar feito uma cobra.

— Uhm... Você nunca praticou esgrima mesmo...?

Sua aparência simplesmente não podia ser chamada de "normal", então ela voltou a perguntar.

— Não, nunca. Mas posso ter um pouco de talento, não acha?

Diante dessa resposta vaga, Yi Hye Rin ficou um pouco preocupada.

Na realidade, ela se tornou uma Cavaleira de Nível Intermediário Superior graças à sua Peculiaridade e abundância de Mana, não por causa de suas habilidades com uma espada — ela era um desses Cavaleiros conhecidos como "Dependentes de Peculiaridade".

Por ela ser do tipo que gosta de viver a vida, Yi Hye Rin não deu muita atenção à melhoria de sua habilidade como espadachim, que exigia um treino repetitivo. Claro, seus talentos com a espada ainda eram excelentes ao ponto de classificá-la como uma Cavaleira de Nível Intermediário, mas...

— Não vamos usar Mana nem Peculiaridades, né?

— Isso. Até por eu não poder usar Mana.

Kim Sae Jin apontou sua espada para Yi Hye Rin. A borda da lâmina estava brilhando.

— Pronta?

— Sim...? Ah, sim. Por favor, v-venha.

Ela engoliu em seco e corrigiu sua postura.

Sae Jin correu sem fazer alarde.

Esta seria sua primeira vez lutando contra um Cavaleiro enquanto em sua Forma Humana. Então, ele não sabia muito bem como prosseguir com a luta. Ao invés de fazer as coisas calculadas, escolheu deixar tudo por conta de seus instintos.

Chegando onde Hye Rin estava, ele abaixou sua postura em um piscar de olhos e cortou para cima.

Ela se apressou para inclinar a espada e bloquear o ataque, mas percebeu que a força por trás do golpe não era motivo de piada. Apesar de ter bloqueado apenas um golpe, suas mãos, segurando a espada, já estavam doendo.

Porém, não havia tempo para ficar atordoada. Sae Jin continuou golpeando sem parar. Feroz e agressivo, sua maestria era algo que não poderia ser visto em nenhum livro teórico.

Kwang-kwang...

Cada vez que ela bloqueava seus golpes, soava parecido a quando uma bomba explodia, ressoando sem parar. Hye Rin simplesmente não conseguia acreditar que não havia nenhum uso de Mana imbuído nos ataques.

— Eu, euah!! Ei, espera aí!! Eu me rendo, eu me rendooooo!!

A luta não durou muito.

Ela não suportou o imenso poder por trás do golpe diagonal de Sae Jin e perdeu o controle de sua própria espada.

— Ouch.

Com um comportamento deixando claro seu arrependimento, Yi Hye Rin se agachou no chão e massageou as mãos que estavam ligeiramente salpicadas de sangue.

— Hã? Eu venci?

Sae Jin acabou murmurando sem querer. E suas palavras acabaram machucando o orgulho de Yi Hye Rin.

Ela rangeu os dentes e se levantou.

— É porque normalmente não uso essa arma... Ei, desculpe-me, Sae Jin-ssi, mas você realmente nunca treinou antes?

Os honoríficos usados por ela já tinham mudado de Sae Jin-nim para Sae Jin-ssi. 1

— Não, realmente não recebi. Então, vamos parar o treino por aqui hoje?

— O que você quer dizer com parar? Ainda temos muitas armas para testarmos, não?

Ela sorriu cheia de vigor e apontou para as várias armas guardadas no armário de exibição. Ela percebeu que Sae Jin só possuía algum talento especial com espadas, então pegou uma lança enquanto bufava orgulhosamente.

— Uma espada longa não combina com o meu estilo. Agora vou te mostrar como é a arte das lanças.

Hye Rin declarou cheia de confiança.

E então, ela foi derrotada igual a antes.

Sete vezes seguidas.

Mas o que mais importava era o último combate, que foi feito enquanto ela usava sua arma padrão, um sabre de duas mãos com uma lâmina fina.

Mas, mesmo assim, foi derrotada, e seu orgulho foi pisoteado, então ela correu de volta para sua casa enquanto chorava.

 

*   * *

 

— Como anda o progresso?

— Estou trabalhando sem parar, então não me incomode.

A voz concisa de Yu Baek Song pôde ser ouvida pelo telefone.

— Não, não. Não estou te incomodando. É só que eu gostaria de informar que, caso precise de ajuda ou qualquer coisa, não hesite em me chamar. Tenho certeza de que você já ouviu alguns boatos, mas atualmente estou abrindo uma Companhia Mercenária...

— Não preciso disso. Vou desligar.

— Ah, espera aí.

Yu Baek Song estava tratando-o com frieza. Seu modo de ação era bem misterioso. Afinal, ela não conseguiu resistir a ele quando se conheceram, mas, por telefone, era como um gato indomável ou coisa do tipo...

— Tem mais uma coisa.

— O que foi agora?

Mas vendo que ela não desligou ainda, deve que alguns efeitos ainda persistiam.

— O Lycan disse que existe um hotel meio suspeito.

Era uma informação que ele conseguiu com Kim Yu Sohn. Mas Sae Jin fingiu que era uma informação do Lycan, tudo para esconder a Peculiaridade daquele homem.

— Qual hotel?

— Não sei. Só falou que era um hotel.

— Você está tirando sarro de mim agora?

Havia um resquício de raiva na voz de Yu Baek Song. Kim Sae Jin acabou deixando um sorriso fino transparecer, pensando que ela estava agindo exatamente como um gato raivoso.

— Não estou brincando. Você ainda não está levando o que o Lycan fala a sério?

— Não, não é isso. Mas ele não pode dizer que é simplesmente um hotel. Está tentando dizer que devemos investigar todos os hotéis do país?

— Bem, não sei, tente o seu melhor. Quero ajudar, mas como ainda é cedo demais para minha Companhia Mercenária, também não tenho mão de obra para oferecer.

— Não, isso... Fuu.

Yu Baek Song deixou um longo suspiro escapar e, sem querer, disse que daria um jeito em tudo.

 

*1: Isso significa que ela está tratando ele com menos respeito. O nim no coreano é como o sama em japonês, enquanto o ssi é compatível ao san.

keyboard_arrow_left Anterior
Você pode usar o atalho Ctrl+ ou Ctrl+ para navegar entre os capítulos

Olá, deixe seu comentário sobre o capítulo Um Novo Ponto de Partida. (2)

Já temos 13 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Lucas Rocha

Lucas Rocha

MTS, quando vai voltar a postar essa novel?
★★★★★DIA 09.10.19 15h07RESPONDER
MTS
Enviando Comentário Fechar :/
MTS

MTS check_circle

O Fefe está pensando em retomar. Eu provavelmente só volto a traduzir algo no próximo ano.
★★★★★DIA 13.10.19 13h02RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
felipe martins

felipe martins

nesse link de o resto https://novelasligeras.net/index.php/2018/05/21/a-monster-who-levels-up-capitulo-71-novela-ligera/
★★★★★DIA 27.06.19 17h39RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Caio Moyano

Caio Moyano

Cadê
★★★★★DIA 16.06.19 23h28RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Luis Henrik

Luis Henrik

Como assim já acabou quero mais ????????????
★★★★★DIA 29.05.19 01h29RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Luis Henrik

Luis Henrik

Obrigado pelo capítulo
★★★★★DIA 29.05.19 01h29RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
João Vitor

João Vitor

Que venha o próximo!
★★★★★DIA 22.05.19 14h07RESPONDER
MTS
Enviando Comentário Fechar :/
Tenske Koto

Tenske Koto

MTS estás vivo meu filho? ????????????
★★★★★DIA 10.04.19 22h41RESPONDER
MTS
Enviando Comentário Fechar :/
MTS

MTS check_circle

Estamos tentando retomar as coisas...
★★★★★DIA 22.05.19 18h54RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Alyson Hian

Alyson Hian

O final dessa novel é decepcionante ????
★★★★★DIA 29.03.19 22h29RESPONDER
MTS
Enviando Comentário Fechar :/
MTS

MTS check_circle

É KKKKKKKKKKKK
Não gosto nem de falar disso...
★★★★★DIA 01.04.19 00h43RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Lucas Tenório

Lucas Tenório

Aaaaa quero mais
★★★★★DIA 26.03.19 03h45RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
joao carlos

joao carlos

esperei algum tempo,mas valeu a pena
★★★★★DIA 20.03.19 07h55RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/