Capítulo #57: O Presságio. (1)

 

4 de Abril, quando o céu estava começando a ficar claro.

Com seu treinamento terminando mais cedo que o esperado, Yu Sae Jung ficou sem muita coisa para fazer, então decidiu ir para o QG da O Monstro, localizado na Província de Gangwon.

Era para ver como a Associação estava progredindo, e também conversar com o líder, Kim Sae Jin.

— O prédio da central é realmente bonito.

Contudo, havia uma mosca que tinha acabado de pousar em sua ferida.

Um Cavaleiro de Nível Intermediário Superior, Joo Ji Hyuk.

Seus olhos deram voltas enquanto analisava a construção de sua própria Associação. Era um pouco difícil de acreditar que um prédio tão elegante e elaborado era reservado para uso exclusivo de apenas uma Associação Classe C-.

— Sim, bem… É bastante óbvio, não é? Afinal, a Corporação Alvorada construiu isso. Então, claro que seria bonito.

Yu Sae Jung respondeu desinteressadamente e entrou no prédio enquanto produzia aquele característico som de saltos altos. Joo Ji Huk seguiu cuidadosamente atrás dela.

— Bem-vindos.

Logo que entraram na recepção, uma mulher inacreditavelmente linda os recebeu. O balcão do térreo era gerido por uma Elfa. Sae Jung franziu as sobrancelhas no momento em que viu a Elfa, e com uma expressão estranha, aproximou-se da recepcionista.

— Você é uma funcionária daqui...?

— Sim. Eu estava trabalhando como gerente na Forja do Orc antes de ser promovida para esta função.

Mesmo quando confrontada pela voz desconfiada de Sae Jung, ela respondeu de uma maneira muito educada.

— Hmmm… Bem, entendi. Então é isso, mas para onde Sae Jin Oppa foi agora?

— O líder veio aqui bem cedo, mas já foi para casa agora.

— Ah…

Sae Jung mordeu seu lábio inferior com leveza. Ela estava irritada por alguma razão. Se Sae Jin apenas respondesse às suas mensagens, ela não teria gastado tempo de vir para cá assim… O que ele poderia estar fazendo durante essas três horas?

— Entendi.

Sae Jung respondeu concisamente e virou-se para sair, porém…

— Oh! Isso é bem ruim. Ah! A propósito, você pode me falar onde a instalação de treino fica?

Ji Hyuk começou a falar sobre uma instalação de treino que ela nem sabia que existia. Com uma expressão estupefata, Sae Jung olhou para ele.

— Uma instalação de treino?! Por que isso…

— Está no primeiro andar do subsolo — disse a Elfa.

— Licença...? Isso realmente existe? Quero dizer, por que isso está aqui? — perguntou Sae Jung.

— Perdão? Eu não estou ciente das razões, mas o líder encomendou duas para serem feitas. Uma está no subsolo, enquanto a outra no último andar. A do último andar está reservada apenas para o uso do líder, contudo, ainda não foi concluída.

Yu Sae Jung ficou surpresa com as palavras da Elfa e começou a olhar para Ji Hyuk. Seu olhar parecia conter vários significados complexos, incluindo um que dizia, por que caralhas você sabe algo que até eu não sabia até agora?!

— Ah! Isso.. O líder me ligou faz um tempinho. Ele disse que um protótipo da boneca Athany 2.0 está instalado lá, então eu deveria vir testá-la quando tivesse tempo livre

Ji Hyuk coçou a cabeça e andou devagar para o elevador. Sae Jung apenas olhou para suas costas atordoada.

 

*   * *

 

Enquanto Sae Jung estava sentindo-se desapontada por Sae Jin, ele tinha completado sua cota de caça do dia e estava retornando de maneira relaxada para a Parada de Descanso da Área dos Monstros.

— Está havendo Erupções frequentes e simultâneas pelo mundo. Atualmente, várias cidades nos Estados Unidos, Japão e China foram assoladas por essas Erupções, mas não é só isso, o mundo está arrepiado de medo com a revelação de que as causas dessas Erupções não são as Fissuras…

Logo que chegou à Parada de Descanso, a primeira coisa que entrou em seus ouvidos foram notícias da TV instalada ao lado.

Os Cavaleiros e Caçadores descansando estavam prestando total atenção na natureza incomum das notícias enquanto discutiam entre eles mesmos, porém, Sae Jin não tinha tempo para fazer isso.

Ele só tinha cinco horas diárias como um humano. E isso com certeza era pouquíssimo tempo para viver como um humano. E, ainda por cima, ainda tinha de ir para o banco hoje.

Então ele acelerou sua passada.

 

*   * *

 

— Obrigado por nos escolher!!

Sentado dentro da sala VIP do Banco Gangwondo, Sae Jin verificou seu saldo anotado em sua caderneta bancária enquanto estava sendo tratado de maneira extremamente cortês pelo gerente da filial.

E cara, seu saldo estava bem gordo. A Cavaleira Americana, Angela, pagou quase setenta e dois milhões de reais pela arma, então era compreensível, mas ele não esperava que ela tivesse enviado outros setenta e dois milhões de novo…

— Talvez, se você não tiver um pensamento certo para gerenciar sua riqueza, possamos recomendar habilidosos especialistas de gerenciamento de ativos…

O gerente fez sua sugestão com todo cuidado enquanto esfregava as mãos igual a uma mosca. Contudo, a cor de seus olhos estavam pendendo seriamente para o lado errado, então Sae Jin balançou a cabeça friamente.

— Não, obrigado. Eu me viro.

Kwaaaang!!!

Foi então que — do nada, uma poderosa explosão pôde ser ouvida do lado de fora. Depois, foi seguida por um tremor assustador. Com esses eventos tenebrosos, Sae Jin e o gerente congelaram no lugar.

— O que foi iss… Ahhhhh?!

KWAHAAAAAANG!!

Uma explosão ainda mais alta que a anterior foi ouvida desta vez. Sentindo que algo estava errado, Sae Jin rapidamente foi para a janela e tentou conferir a situação no lado de fora.

— Que porra é essa...?!

E foi assim que ele começou a murmurar totalmente aturdido sem perceber.

Talvez, as notícias que ele escutou um pouco enquanto saia da Parada de Descanso devem ter sido um presságio.

Ruaaaaaaarrrr

O centro de Gangwon tinha se tornado um inferno. Até pareceu um deja vu da Erupção de Seoul. 1

Wyverns gigantes estavam no céu azul como nuvens de chuva, e Gárgulas estavam atirando magia maligna no chão enquanto eram auxiliadas por esses Wyverns.

E não era só isso. Havia incontáveis Monstros preenchendo o chão. Não só Lobos, Goblins e outros Monstros de Nível Baixo, mas até Lichs  Ogros e, também, a merda de uma Manticora.

Isso era o suficiente para fazê-lo pensar se isso era a Área dos Monstros ou o centro de uma cidade mesmo.

— Hey, cara!! Você precisa…

Sae Jin estava indo perguntar ao gerente sobre como ele iria lidar com essa situação emergencial repentina, mas o filho da mãe já tinha se mandado com a rapidez de uma flecha.

— …

Como esperado, o corpo de uma pessoa nunca iria mentir.

Suspirando profundamente, Sae Jin estava quase indo quebrar as janelas e dar o fora do local.

— Kyaaanhk!! O-o que está acontecendo aqui?!

— Ah-ah-ahh!! Corra!! Fujam!!

Entretanto, antes de poder fazer isso, gritos de pessoas vindos dos andares inferiores pesaram sua consciência. Ele conseguiu confirmar com seu nariz que os Monstros mais próximos eram Orcs e uma Manticora.

Ele podia, de alguma forma, lidar com os Orcs sem problemas, mas na Forma Humana, Sae Jin não tinha esperança de ganhar contra uma Manticora.

Crack-Crack-Crack

Sae Jin desistiu. Ele socou o vidro e o quebrou facilmente. E estava prestes a pular e escapar, quando…

Ahhhhhhhhhh

Seu corpo congelou após ouvir gritos de uma criança lá embaixo. Ele rangeu os dentes e rapidamente olhou pela sala VIP.

“Olhos de um Lobo” podia encontrar coisas escondidas, assim como podia ver a aura das pessoas. Por sorte, ele não viu nenhuma câmera instalada nesta sala.

Ufffff

Ele suspirou.

Quando concentrou seus sentidos, pôde sentir vários sinais de Cavaleiros se mobilizando com pressa, já que essa era a área central — mas todos estavam distantes de onde ele estava agora.

E eu nem sou um super-herói de uma HQ dos anos 60…

Após mais uma Inspirada…

Então, dentro da sala VIp, ao Invés de Sae Jin, um Orc estava lá.

Kroooaaarrr

O Orc deu um passo, antes de dobrar os joelhos e lançar-se pela janela.

*SFX paredes quebrando*

Não foi só a janela que quebrou, mas parte da parede do banco desmoronou, e, por essa abertura, um Orc gigante caiu como um meteoro.

Kwaaang!!

Uma poderosa onda de choque se espalhou quando ele aterrissou. Neste momento,  civis estavam fugindo dos Monstros, e quanto aos Monstros perseguindo os cidadãos, eles pararam no lugar e começaram a encarar o Orc que caiu do céu.  

Com seu corpo inteiro coberto de escamas azuis e uma aura ameaçadora saindo de seus olhos, o Orc alternava seu olhar entre humanos e Monstros, antes de esmagar um Monstro próximo com sua maça.

 

*   * *

No momento em que Monstros não identificados apareceram na cidade, o  gerente do banco teve uma ideia brilhante e ativou o sistema de segurança do estabelecimento. Graças a isso, os clientes estavam temporariamente seguros.

Kwang- Kwang- Kwang-

Mas como a palavra sugeria, era apenas um alívio temporário. As placas de metal reforçadas com mana que bloqueavam as saídas estavam quebrando sob pressão constante do cerco dos Monstros.

Só podiam haver dois resultados se as coisas continuassem desse jeito. As placas de metal iriam quebrar antes da chegada dos Cavaleiros ou toda a construção iria desabar por causa dos ataques.

— Fuu...

O gerente suspirou. Havia muitas pessoas para proteger. Contudo…

*SFX metal abrindo*

De um forte impacto em particular, as lacunas entre as placas de metal aumentaram como se fossem quebrar a qualquer momento. Não havia mais tempo. Ele tinha que decidir agora.

O gerente apertou suas mãos e gritou:

— Todos, levantem e corram para o cofre do banco.

O lugar no banco que melhor protegia o dinheiro era seu cofre, então também poderia proteger pessoas.

Mas essa ideia veio tarde demais. Antes de qualquer um poder fazer algo.

Kwaaaaaang!!

As placas de metal reforçadas quebraram.

Thump-Thump-Thump

Os serenos passos dos Monstros contrastavam com o caos no lado de fora, ecoavam dentro do banco, e só eles já eram suficientes para plantar desespero em todos presentes.

O rosto que parecia o de uma pessoa, um corpo de leão e um par de asas de morcego nas costas — um horrendo Monstro do tipo Quimera.

Um Monstro de Nível Intermediário Superior infame conhecido por sua maldade e seu poderoso físico — a Manticora.

A criatura entrou no banco com algo que parecia um sorriso no rosto, e então analisou calmamente a multidão apavorada.

Depois, caminhou em direção a uma mulher segurando uma criança em seus braços.

— …

Mesmo com a Manticora se aproximando, a mãe não deixou a criança ir enquanto um rio de lágrimas escorria de seus olhos.

— Keuhehehehe…

Porém, a Manticora parecia gostar da situação. Ela lambeu os lábios e começou a rir. O som vindo dos lábios tortos em seu rosto parecido com o de um humano também era parecido com uma risada humana.

— Euhahaaha!!

A Manticora não avançou mais. O Monstro continuou a rir de uma maneira maligna enquanto o tentáculo, que estava agindo como uma cauda, começou a se dividir em dez e depois cem filamentos. Estava preparando um ataque cruel e vicioso que iria transformar todo mundo no banco em carne moída em um instante.

E enquanto as pessoas fechavam os olhos com medo da morte horrível que teriam…

— Ruererrrrrrrrr!!!

Um grito cheio de espírito de batalha que não podia ser descrito com palavras se espalhou para todo lado.

*SFX passos altos e fortes*

E, logo depois, acompanhado por passos violentos, uma figura gigante partiu para cima da Manticora e balançou sua arma.

Kkheu-eck!!

A arma acertou o rosto da Manticora e ela foi arremessada como uma latinha de refrigerante vazia para o fundo do banco.

A pessoa, não, o ser que arremessou a Manticora com apenas um ataque… um Orc. E esse Orc tinha escamas azuis cobrindo o corpo.

Era uma criatura famosa o bastante para algumas pessoas aqui reconhecerem — também conhecido como Orc Demônio.

Silêncio tomou conta do banco com a entrada de um aliado improvável.

Claro, esse silêncio não durou muito tempo. Monstros entraram pelas portas agora quebradas. E o Orc ficou parado ali como um guardião e começou a destruir tudo que aparecia.

Toda vez que balançava sua maça, os membros dos Monstros eram facilmente rasgados como tecido, e as partes rasgadas voavam pelo ar. Sangue jorrava como se fosse de uma fonte e deixou tudo coberto por uma nojeira esquisita e pegajosa.

Não importa como encarasse isso, era uma visão bem angustiante. Mas, para os cidadãos que estavam olhando para as costas do Orc, isso foi algo que fez uma estranha esperança surgir.

— Keu-ehehe. Heuheu…

Merda, saporra não morreu. Enquanto o Orc estava lutando, a risada da Manticora veio de longe. Sae Jin mordeu os lábios devido a esses novos acontecimentos problemáticos.

Ele tentou matá-lo com um único ataque, então até ativou a “Guerreiro da Reviravolta”  e a “Pancada Feroz”, mas… a Mantícora fez jus a sua infâmia.

*SFX Passos pesados*

Ele podia ouvir os sons do Monstro vindo por suas costas. Contudo, na sua frente também havia um monte de Monstros, então como ele poderia voltar sua atenção para trás? Assim, decidiu deixar tudo para as Escamas de Leviatã.

Khwajeek!!

Porém, ao contrário de suas esperanças, as presas da Manticora penetraram facilmente por suas escamas. Com a dor escaldante em seu ombro, Sae Jin teve que gritar de aflição.

— Ahhhhhhhhhhhhhhhhh!!

E essa dor logo se transformou em raiva. Ele gritou em fúria antes de pegar a cauda da Manticora e jogá-la contra a parede.

Mas significava que tinha de lidar com os Monstros em sua frente.

Desta vez, era o turno de um “Spartoi”. Mostrando sua fama como o esqueleto guerreiro formado a partir dos ossos de um dragão, seu poder era considerável.

*SFX Lâmina cortando a pele*

A espada fria de osso brandida pelo esqueleto deixou um corte profundo na lateral do Orc.

Tenho que dar o fora daqui… Após receber dois ataques críticos, e com o tempo limite de “Guerreiro da Reviravolta” se aproximando, ele começou a sentir tonturas.

Krroooarr…

Mas antes disso, ele tinha apenas que esmagar essa cara feia desse Spartoi ou ele não se sentiria melhor, então balançou a maça com força naquele crânio.

*SFX coisas voando*

O crânio do Monstro que foi atingido pela Pancada Feroz contendo toda a força do Orc explodiu em pequenos pedaços e voaram pelo ar. Então, a força de Sae Jin esvaiu-se aos montes, fazendo suas pernas bambearem. Apesar da Manticora ainda estar viva, esse era claramente seu limite...

Contudo — de repente, raiva tomou conta de Sae Jin.

Orcs detestavam recuar mais do que serem derrotados; e odiavam a derrota mais que a própria morte. Isso era tipo o instinto da raça ou alguma lógica que os Orcs tinham de seguir não importa o quê — de algum lugar dentro de si, um desejo de batalha interminável e raiva surgiram violentamente.

Roooooooooooooaaaaaaar!!!

Era Impossível conter todas essas emoções, então Sae Jin soltou um poderoso urro sem nem perceber.

O Orc então agarrou com força a maça novamente.

E neste momento…

Uma janela de alerta inesperada apareceu em sua visão. Simultaneamente, as tonturas passaram e a dor excruciante de suas feridas acabou.

 



*1: Se lembro bem, foi aquela Erupção que ele se transformou num Lobisomem.

 

keyboard_arrow_left Anterior Próximo keyboard_arrow_right
Você pode usar o atalho Ctrl+ ou Ctrl+ para navegar entre os capítulos

Olá, deixe seu comentário sobre o capítulo O Presságio. (1)

Já temos 3 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Jackson Goulart

Jackson Goulart

Totó vem cá com o tio da maça
★★★★★DIA 01.12.18 21h07RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Alyson Hian

Alyson Hian

Posta mais
★★★★★DIA 01.12.18 07h10RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Matheus Knupp

Matheus Knupp

"Vem Monstro, Vem Monstro! Pode vir comigo Monstro!"
★★★★★DIA 28.11.18 00h34RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/