Capítulo #51: Uma Dúvida, um Esforço. (2)

Por cerca de uma semana, Sae Jin ficou procurando todas as informações existentes sobre o Lican.

Houve um total de três crimes cometidos dos quais não se lembrava; e de acordo com o que encontrou, todos os corpos encontrados foram mutilados de forma horrível, como se um animal selvagem tivesse os atacado. Então, ele pensou que... não era o trabalho de um falsário.

Tudo acabou em dúvida. Sua altura continuava aumentando. Sua estrutura facial também seguia passando por mudanças acentuadas. E os crimes do Lican, dos quais ele não conseguia se lembrar... E se fossem...

Minha Forma Humana está sendo tomada aos poucos pela Forma de Monstro?!

Com certeza, o equilíbrio de poder entre todas as cinco formas dentro de seu corpo já estava bem fora de controle.

Para ser mais específico, desde que adquiriu o “Coração da Besta” através da absorção da Pedra de Mana do Lobisomem, a Forma de Lobo se tornou muito mais poderosa que qualquer outra. Afinal, ele agora poderia derrubar um Cavaleiro de Nível Intermediário Superior sem sequer suar, mas apenas nessa Forma.

— Haaaa...  — Sae Jin apertou sua cabeça, que doía tanto que parecia a ponto de explodir; da abertura da janela, a luz cinzenta da lua ao amanhecer invadiu a sala. A luz clara da lua parecia, por algum motivo, sinistra demais.

Ele fez o melhor para evitar o uso da Forma de Lobo, preferindo passar todo o tempo como Goblin, Orc ou Humano enquanto dormia por menos de três horas diárias. Se acabasse cedendo, mesmo que pouco—só pensar nisso já lhe deixava horrorizado além da imaginação, um medo profundo surgia.

Havia a possibilidade de que a lua cheia teria um efeito mais forte sobre ele, claro. Mas seu atual estado mental era instável demais para ficar perdendo tempo ao pensar nessas coisas.

— Que se foda. — Sae Jin até mesmo xingou diante deste problema complicado que não parecia ter qualquer solução, por mais que quebrasse a cabeça. Além disso, só restava meia hora para sua Forma Humana.

Ele finalmente percebeu que o Modo Humano da Forma de Lobo não era exatamente “humano”. Sae Jin lembrou da época em que sua consciência vacilou após descobrir sobre alguns Vampiros. E quando estava lutando contra Kim In Soo, acabou se lembrando de seu corpo se movendo por vontade própria.

— Por um tempo... — Não devo usar a Forma de Lobo Escuro. — Assim decidiu.

Isso reduziria a quantia total de tempo a qual poderia passar como um humano para cerca de cinco horas, mas, mesmo assim, era muito melhor que sucumbir a instintos desconhecidos de um Monstro e acabar se tornando algo... não humano.

Ele começou a esfregar o queixo, mesmo sem perceber. Sua barba também tinha crescido um pouco, dura e cheia. Mas, no passado, ele nunca foi do tipo de pessoa que tinha tanta barba assim...

*Tshiiii*

Assim que seus pensamentos chegaram a isso, de repente sentiu náuseas e correu para o banheiro. Como não tinha comido nada ultimamente, apenas um ácido estomacal amarelado saiu. Ele esvaziou suas entranhas por um longo tempo e, depois de tudo, ficou diante da pia.

— ... — O rosto no espelho parecia com o de Kim Sae Jin; mas, ao mesmo tempo, também era bem diferente. Claro, ele podia ter cometido algum erro, já que sua mente não estava exatamente saudável no momento. Mas, não importa o que, seus olhos afiados e mandíbulas grossas... Pareciam muito com os de um lobo.

 

*   *   *

 

A princípio, quando o rumor de um artefato do tipo boneco que recuperava Energia e Mana começou a circular, tanto o público quanto grande parte dos Cavaleiros e Magos pensaram nisso como nada mais do que um blefe indigno de ser chamado sequer de boato.

Era difícil se fazer um artefato. Aqueles da indústria relacionada à magia chegaram a um consenso: o material do boneco era muito frágil para suportar o encantamento mágico de alto nível que seria necessário para conceder algum efeito mágico a um item.

Porém.

O boato que todos pensaram não ser nada mais que um blefe—os Cavaleiros da Ordem Corvo acabaram notando que era verdadeiro.

— Então, isso é... esse artefato?

Atualmente, esta era a instalação de treinamento da primeira classe da Ordem de Cavaleiros Corvo. A maioria das Ordens de Cavaleiros dividiria as instalações de treinamento de acordo com as classificações de seus membros. Claro, quanto maior a classificação, melhor seria o equipamento disponibilizado.

Os assistentes afiliados à Torre de Mago “Dae Han” estavam ocupados examinando o artefato do tipo boneco que tinha sido colocado dentro desta instalação.

— Yeah, mas, a propósito... — O Cavaleiro encarregado de mostrar as coisas para esses Magos estava bastante nervoso no momento. Ele estava com medo de que esses caras poderiam começar a tocar o boneco ou coisa do tipo.

Pode-se dizer que este era um caso da dita inversão da fortuna. Esse boneco Athany foi abandonado na instalação de treinamento da quarta classe, algumas vezes foi até mesmo deixado jogado pelo chão.

Mas, agora, o mesmo Athany estava colocado no centro da instalação da primeira classe, protegido por um estojo de vidro reforçado com magia. Ele estava sendo tratado com o maior cuidado possível, tendo se transformado em um dos tesouros da Ordem.

— Com licença... Vocês podem se afastar um pouco? Acho que o Athany está com um pouco de medo de vocês.

— ... — Todos os Magos demonstraram descrença em seus rostos, mas, ainda assim, fizeram o que foi pedido.

— Isso é muito frágil, mas há mesmo um tipo de aura estranha saindo dele. Quando você notou os efeitos do boneco pela primeira vez?

— Não faz muito. Uma semana? No início, deixamos o boneco na instalação de treinamento da quarta classe e ninguém deu muita bola, mas, do nada, a eficiência dos Cavaleiros de nível menor começou a melhorar aos trancos. Eles começaram a treinar por cerca de três horas ou mais depois de se acostumarem aos seus limites. E a taxa de recuperação de Mana também se tornou muito rápida—mas tudo se limitava a um único local.

Diante dessa revelação, os lábios dos Magos ficaram em formato de “O” enquanto soltavam uma exclamação suave. Apenas com essas simples palavras ficou bem claro, os efeitos não eram maravilhosos?

— E não houve nenhuma mudança visível na Fonte de Mana?

— Isso aí. Achando que isso estava estranho, fizemos uma medição da concentração de Mana no centro de treinamento da quarta classe e descobrimos que a taxa de recuperação estava maior que a da primeira classe. E foi aí que percebemos os efeitos do boneco, tudo graças a essa investigação devido à mudança.

— Hmmmm... — Um Mago fez uma cara confusa enquanto inclinava a cabeça.

De acordo com suas estimativas, a história era de que esse boneco possuía habilidades para ajudar com a recuperação tanto de Mana quanto de Energia. Porém, essas duas habilidades de recuperação eram caras o bastante para só serem colocadas em acessórios vestíveis de classe alta. Até onde ele sabia, ainda não havia sido inventado nenhum meio de deixar os efeitos se manifestarem como uma aura...

— Ouvi que a Alvorada também recebeu um desses de presente... Mas por que estão ficando em silêncio sobre o assunto?

— Sempre querem monopolizar as coisas boas para si mesmos. É bem provável que tenham percebido as coisas primeiro. Eles só resolveram manter as bocas fechadas.

— Hmm... — O Mago deu outra olhada no boneco.

Ele pensou que, quando os oficiais do governo sem noção aprovaram esse artefato estranho, só estavam gastando tempo à toa mais uma vez... Mas, agora, para ser honesto, sua vontade era de desmanchar esse boneco inteiro. É claro que, considerando seus efeitos, devia ser caro demais, mas se fosse possível descobrir quais eram seus segredos, então...

— Você não pode. — O Mago foi bloqueado no momento em que o Cavaleiro notou a luz perversa brilhando em seus olhos. Ele soltou alguns pigarros forçados, com um tom sério, e perguntou:

— Keheum. Quanto você disse que custa?

— Até onde sei não dá para comprar um.

— Como esperado... Deve ser impossível fabricar isso aos montes.

— Sim. E de acordo com a situação, em que até os meios de comunicação estão falando sobre os efeitos do boneco, não serão apenas as organizações locais, até mesmo as internacionais devem estar apresentando pedidos de compra para a Associação “O Monstro”.

O Mago acenou com a cabeça. Claro, as histórias relacionadas ao boneco também estavam em alta nos fóruns e mídias sociais do exterior.

— Mas a própria Associação não deu nenhuma resposta ainda. É por isso que, além de nós e da Alvorada, nenhuma Ordem de Cavaleiros possui isso.

— Então é assim?

— Sim. Graças a essa “escassez”, escutei que as Ordens menos populares estão queimando com um espírito competitivo inútil. Tudo pelo direito de conseguirem obter um Athany, coisas do tipo...

Os Magos riram um pouco com isso.

Ordens de Cavaleiros e seus Cavaleiros—do ponto de vista desses Magos, essas eram coisas que, quanto mais se soubesse sobre, mais complicado ficava.

 

*   *   *

 

— ... Você tá tipo, bem, bem mesmo?

— Sim. Estou bem. — Como sua mente estava cheia de preocupação, Sae Jin acabou perdendo várias ligações de outras pessoas. Mas, depois de um mês, ele se acalmou—a ponto de poder aceitar o fato de que havia alguém preocupado com ele.

— Mas por que não estava atendendo o telefone? — Yu Sae Jung perguntou. Sua voz estava evidentemente preocupada.

— Bem... estive ocupado. Você também sabe, certo? Como nosso mascote virou um fenômeno. — Ele já tinha escutado Hazeline falar sobre isso.

“Um artefato do tipo boneco que ajuda na recuperação de Mana e Energia.”

Sae Jin ouviu que tanto as Ordens de Cavaleiros quanto as Torres de Magos estavam loucas atrás de provar os efeitos do Athany. O que era compreensível, visto que eram todos loucos por Mana—loucos o suficiente para gastar dezenas de milhões de dólares para construir Fontes de Mana e mais centenas de milhares apenas para a manutenção anual delas.

Hazeline acrescentou que estavam chegando várias encomendas do exterior, e algumas corporações já tinham até perguntando sobre as Tatuagens Mágicas e o boneco Athany, entrando em contato direto com o governo coreano.

— Oh, é mesmo! Qual é o seu plano para vender os bonecos Athany? Se tiver algum, ficaremos com todos. Vamos ser mais que o bastante para cuidar de toda a produção.

— Ah, isso... depois. Depois você ficará sabendo. — Por enquanto, ele não queria pensar muito em coisas complicadas.

Na verdade, apenas dez minutos atrás, alguém do departamento de Relações Exteriores lhe telefonou para abordar a questão do boneco Athany. Parecia que uma famosa Ordem de Cavaleiros americana tinha pedido por uma reunião séria com ele ou algo do tipo...

— Huh? Oh... entendo. Então, por...

— Certo. Vou desligar.

— NÃO, ESPERE!! Pera aí!! Hey, NÃO OUSE!! — Quando ele estava prestes a desligar, Yu Sae Jung de repente começou a gritar.

— Qual foi o problema agora...?

— Por que você sempre desliga no meio das nossas conversas?! Ainda tenho coisas para falar!!! Sério... — Ela parecia irritada mesmo.

— Ah, foi mal. Eu sou meio apressado, você já sabe. — Como ele era um cara que costumava manter uns dois ou três empregos de meio período diários, tinha essa mentalidade de sempre acelerar tudo, sem demorar. Agora que pensava nisso, comparado ao passado, estava... em um paraíso.

— Fuu... Nós, uh... não nos vemos já faz um tempo, né?

— Ah... você quer uma caçada?

— Khm... É, pode ser...

Sae Jin pensou um pouco. Sair em uma caçada com outra pessoa, bem...

— Foi mal, por agora não posso. — ... Ele não poderia mais fazer isso.

Sae Jin ficou angustiado sobre as possíveis soluções para a situação problemática que tinha se desdobrado. A causa definida para isso era... havia um desequilíbrio de poder interno devido à Forma de Lobo Escuro ter ficado muito mais forte que as outras. A melhor coisa a se fazer para corrigir esse problema seria aumentar a força de suas outras Formas de Monstros. E a outra coisa a fazer era deixar que a Forma de Lobo Escuro se desenvolvesse para um Licantropo.

Já que os Licantropos eram uma subespécie de humanos, talvez algo pudesse acontecer caso a evolução ocorresse... Claro, ambos os métodos não tinham 100% de garantia de eficiência, e isso só servia para apertar seu peito. Inferno, ele até se sentiu enjoado algumas vezes, tudo por causa das preocupações.

Qualquer que fosse o caso, todas as possibilidades apontavam para a caça de Monstros e, assim, perder tempo era um luxo o qual ele não poderia se dar.

— Eh? Mas por que? — Yu Sae Jung perguntou com pressa.

— Isso é... estou em uma situação...

— Como assim?

— Não posso falar sobre isso por enquanto.

— ... — Ela ficou em silêncio por um momento. Então, com uma voz impotente, falou em um tom que indicava com clareza o quanto estava chateada. — Okay, certo. Então... quando você tiver algum tempo, me ligue.

— Certo. Entendido.

— Mas não sei se nesse momento vou ter tempo...

Ele desligou o telefone enquanto ela falava.

Yu Sae Jung parecia estar dizendo algo, mas... seu antigo hábito acabou se provando forte demais.

... É hora de ir. — A ligação já tinha acabado.

Carregando uma bolsa cheia com suas bagagens, ele foi para a Área de Monstros.

 

*   *   *

 

Em uma certa tarde, com a luz do sol brilhando...

Um grupo de caça que consistia em um Cavaleiro um pouco acima do peso e duas Caçadoras estava procurando por presas dentro da floresta da Área de Caça.

— Ah... Então esse boneco ainda está em posse apenas da Alvorada e da Corvo?

O principal tópico da conversa que rolava durante as caçadas era sobre a maior “batata quente” do momento, o Athany.

— Claro. Parece óbvio que seria difícil fazer um artefato desses. Mas, hmm... Não sei se devia dizer isso ou não... — Oh Dae Soo, um Cavaleiro de Nível Intermediário, estava andando com essas duas Caçadores bastante belas, cada uma abraçada por um de seus braços. Ele era o segundo filho do Vice Chefe da Ordem de Rank Intermediário Daebaek.

— Eh? O que foi? Por favor, fale~

— Ela está certa. Você devia terminar o que começou~

Quando ele parou de falar do nada, as duas mulheres começaram a agir de forma provocante.

— Ke-keheum. É segredo, então... Vocês não devem contar para ninguém, certo?

— Claro~

Oh Dae Soo pigarreou mais uma vez.

Sendo anormalmente sensíveis a suas classificações, as Ordens de Cavaleiros quase sempre competiam umas com as outras cheias de agressividade, mesmo se tratando de coisas pequenas e insignificantes. Mas, do ponto de vista das Ordens de Cavaleiros, não havia o que se fazer. Só era preciso analisar o estado das coisas, o público e a mídia estavam ridicularizando a Ordem de Cavaleiros Alvorada depois de perderem um importantíssimo Duelo de Cavaleiros para a Ordem Corvo.

— Muitas pessoas estão se perguntando quem é que será o proprietário do terceiro boneco Athany...

O boneco Athany—era o artefato que aparecia nos maiores sonhos de todas as Ordens de Cavaleiros.

Mas um mês se passou sem sequer um sinal de o terceiro boneco aparecendo para o público, e o fato de que a Alvorada e a Corvo eram as únicas que o tinham era o bastante para atiçar o fogo pela competição em todas as Ordens de classificação mais baixa. E os meios de comunicação, claro, morderam essa isquinha divertida; o público também começou a ficar interessado pelo desenvolver das coisas.

Sério, qual Ordem de Cavaleiros poderia conseguir um boneco Athany agora? Antes que alguém soubesse, este assunto se tornou motivo de uma batalha de orgulho entre várias Ordens de Cavaleiros.

— Parece que podemos conseguir um...

— Huh!! Sério?

— Wow, isso é uma novidade e tanto! E quanto à Ordem de Cavaleiros Goryeo?

— Uh-huh. Tem isso e aquilo sobre a Goryeo... Não vamos falar sobre uma Ordem que foi abandonada há tanto tempo, certo? Ahahaha...

As duas Caçadoras agarraram suas barrigas e começaram a gargalhar depois disso. E sentindo-se ainda mais confiante do que antes, graças às risadas, Oh Dae Soo ergueu os ombros um pouco mais.

— A propósito, como vocês conseguiram isso? Ouvi que esse Kim Sae Jin é bem famoso por ser muito exigente. Também ouvi dizer que muita gente já foi recusada.

— Você está certa. Ele é um cara difícil. Meu pai teve que trabalhar muito para conseguir isso, teve até que se ajoelhar para um funcionário qualquer daquele arsenal, alguém que normalmente seria ignorado... Fuu. Vamos parar de falar sobre isso, certo? — Como se fosse para mostrar que estava sentindo angústia pela humilhação de seu pai, Dae Soo fez uma breve pausa entre suas palavras. — Mas... Graças ao incessante trabalho duro de meu pai, os donos do terceiro Athany seremos nós. Bem, nós descartamos as Ordens Sochung, Genesis e Goryeo, entende? — Oh Dae Soo acrescentou ainda mais orgulho à sua voz, como se quisesse demonstrar o quão elevado era o atual status de sua Ordem.

— Eu já sabia~ Você é tão incrível!!

Com isso, ambas as garotas se agarraram mais ainda nele, e o sorriso de Oh Dae Soo ficou tão grande que parecia poder tocar o céu.

Ah, isso é muito divertido!! Espero que um Monstro apareça agora para poder mostrar minhas habilidades incríveis! — pensou.

E o desejo de Oh Dae Soo se realizou não muito tempo depois.

— Uh! Olhe ali, um Orc! — Uma das Caçadoras apontou para uma colina que estava um pouco além do mato.

— Oh, um Orc Jaguar.

Ele achava que um Orc encontrado na Área de Caça de Nível Intermediário poderia ser, no máximo, um desses Jaguares desprezíveis. Oh Dae Soo deu um passo à frente, cheio de confiança. O par de Caçadoras também o seguiu, sem demonstrar qualquer preocupação.

Mesmo sem ter uma reputação lá muito boa, Oh Dae Soo era um Cavaleiro de Nível Intermediário que passou em todos os exames do Éden. Não havia como perder para um Orc desses...

— Hey, seu bosta!! — Ele deu passos largos e gritou. Foi só aí que o Orc se virou para encará-lo.

E quando seus olhos se encontraram, todos os três do grupo de caça congelaram onde estavam. A aparência desse Orc parecia meio... estranha.

Sua altura era de quase três metros; os músculos de seu corpo eram muito mais sinistros que os de qualquer um de seus irmãos; estava coberto por sangue da cabeça aos pés e, em uma de suas mãos, segurava uma maça ameaçadora.

Essa era a aparência inconfundível de um guerreiro que se poliu através de batalhas; embora estivesse apenas parado encarando, seu espírito avassalador ainda era capaz de suprimi-los.

— ... Talvez seja melhor corrermos. — Uma das Caçadoras falou após engolir em seco.

— T-também acho... — A outra Caçadora concordou com cautela.

Todos do grupo estavam pensando na mesma coisa.

Isso não era um Orc normal. Havia uma forte pressão, comparável com a de um Ogro, se agitando sobre eles, isso emanava da criatura e daqueles olhos que ardiam com um brilho feroz, dava para sentir a majestosa aura de um guerreiro heroico.

Então, como poderia qualquer um deles chamá-lo de Orc desprezível?

— ... Não. Tudo o que vocês precisam fazer é se esconder atrás de mim. Vou cuidar de tudo... — Mas, quando o orgulhoso Oh Dae Soo desembainhou sua espada, demonstrando ousadia e imprudência...

*GAAAAAAAAAHH!!!*

O Orc rugiu de raiva e bateu a maça no chão. A onda de choque proveniente disso fez com que a terra se despedaçasse e tremulasse como serpentes.

 

Notas do Capítulo:

Avaliação e Análises: Se você realmente está gostando de A Monster Who Levels Up, por favor, considere dar 5 estrelas na Central Novels: Central Novel

keyboard_arrow_left Anterior Próximo keyboard_arrow_right
Você pode usar o atalho Ctrl+ ou Ctrl+ para navegar entre os capítulos

Olá, deixe seu comentário sobre o capítulo Uma Dúvida, um Esforço. (2)

Já temos 3 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Astashy Lin

Astashy Lin

Dropei, a novel ta boa no começo, mas do nada a novel inteira fico 95% so no modo humano, mt chato, dropei mesmo, vim ler uma novel sobre evolução de montro, não a merda de um Slice of Life :/
★☆☆☆☆DIA 07.12.18 15h24RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
MTS

MTS check_circle

A novel tem muitas partes de ação na Forma Monstro e a tendência é ter mais ainda... Eu daria uma chance maior para a novel!
★★★★★DIA 08.12.18 01h28RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
... .

... .

Aeee obrigado pelo capítulo, melhorou esse dia de merda. :)
★★★★★DIA 15.10.18 22h56RESPONDER
N/A
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/