Capítulo #42: Um desenvolvimento não progressivo (3)

Capítulo 42: Um desenvolvimento não progressivo. (3)

 

 

Parecia até que suas entranhas estavam fervendo. Ele nem sequer teve tempo para ler todas as janelas de alerta que apareceram. Sae Jin só podia pensar em voltar para casa.

De alguma forma, ele teve capacidade o bastante para pedir um favor a Yu Sae Jung. Ela entrou em pânico e chamou por um carro assim que Sae Jin disse que precisava ir para casa no mesmo momento.

Ele não conseguia lembrar de nada que tinha acontecido depois.

Enquanto tentava controlar as chamas que queimavam dentro de si e sua consciência instável, ele se viu dentro de sua casa, mudando para a Forma de Lobo logo após esgotar o tempo que poderia permanecer como humano, isso aconteceu enquanto perdia e retomava a consciência.

Sae Jin soltou um suspiro de alívio e fez uma promessa a si mesmo de que nunca mais comeria algo aparentemente suspeito.

 

* * *

 

"..."

Kim Yu Rin abriu os olhos. A primeira coisa que viu foi um teto branco e estranho.

'Devo ter desmaiado.'

Era algo já esperado, visto que ela esgotou toda sua Mana.

Yu Rin relaxou seu corpo dolorido com alguns alongamentos suaves e, depois, levantou a parte superior de seu corpo lentamente. Não parecia haver algo errado, mas suas costas estavam um pouco duras.

"Isso..."

'Onde estou?' Ela olhou para os lados e inclinou a cabeça.

Para chamar este lugar de hospital... seu quarto era muito grande e luxuoso para ser algo assim. Mas parecia um hospital, já que havia uma agulha em seu braço, ligada a um soro intravenoso, bem como o forte cheiro de medicamentos pairando no ar. De qualquer forma, a prova final era a bata de paciente que ela estava usando no exato momento.

Kim Yu Rin se levantou e caminhou sem pressa em direção à porta.

Quando agarrou a maçaneta e a empurrou, a porta abriu sem ruído algum.

... E ali estava outro quarto.

"Ah, você acordou!"

Uma menina estava deitada em um sofá confortável que ficava por ali. Yu Sae Jung pulou e correu no mesmo momento em que a viu.

"Uh... Senhorita Sae Jung? Onde estou? Como vim parar aqui?"

"É um hospital. Você está em um quarto VVIP do Hospital Alvorada. Ah, tanto faz, você está bem?"

"Oh, acho que..."

"Por favor, fique à vontade para falar comigo, não precisa de nenhum honorífico!"

Os olhos de Yu Sae Jung brilhavam intensamente. Vendo essa aparência adorável, que parecia até com a de um cachorrinho, Kim Yu Rin acabou rindo um pouco.

"Se é o que você quer, então... entendo. Estou bem. A propósito, o que aconteceu?"

Como se esperava dela, o que mais queria saber era a condição atual de tudo – as notícias sobre Monstros na Montanha Nam em Seoul, na cidade de Busan, assim como na Área de Caça da Província de Gangwon.

"Graças à mobilização rápida e preparativos perfeitos, tudo foi controlado sem grandes problemas. E por causa da sua intervenção, fomos capazes de evitar que o Leviatã causasse muitos danos à cidade também."

"... Mm?"

Yu Rin inclinou a cabeça. De fato, ela foi a responsável por nocautear o Leviatã, mas o verdadeiro contribuinte decisivo para acabar com a ameaça o quanto antes foi o Caçador Kim Sae Jin. Mas por que essa garota não mencionou o nome dele também...?

"O que você quer dizer com isso? E, outra coisa, onde está o Senhor Sae Jin?"

"Sae Jin Oppa foi para casa logo depois de o incidente ser controlado, dizendo que tinha algo que precisava fazer com urgência. Mas... o que houve?"

Diante da pergunta delicada de Yu Sae Jung, Yu Rin coçou a nuca antes de responder.

"Bem, isso... Na verdade, o Senhor Sae Jin foi quem desempenhou o papel mais importante... Pera aí, a mídia também está falando que eu fiz tudo sozinha?"

"... Eh? O que o Sae Jin Oppa fez?"

Por trás da Sae Jung surpresa, dava para escutar um noticiário televisivo.

— A Cavaleira responsável por acabar com o incidente do Leviatã foi identificada como a 41° Cavaleira de Nível Altíssimo da Coréia, a Senhorita Kim Yu Rin. Ela demonstrou suas habilidades marciais esmagadoras para derrubar e derrotar o Leviatã duas vezes, evitando que a criatura causasse grandes danos à cidade...

"... Huh-woo."

Yu Rin soltou um suspiro estranho.

Omissão dos resultados de uma batalha – essa era uma das coisas das quais não gostava. Se alguém olhasse para Yu Rin de modo diferente, então ela se sentiria mal, já que isso era como roubars as conquistas de outro durante uma batalha.

"... Precisamos arrumar isso. Uma conferência de imprensa..."

"Você quer fazer uma conferência de imprensa?"

Yu Rin confirmou com a cabeça.

"O papel do Caçador Kim Sae Jin foi crucial, entende? Foi ele quem cancelou a convocação."

Yu Sae Jung arregalou os olhos perante essa revelação inesperada. Então, como se tivesse se lembrado de algo, ela logo falou:

"Ah, acho que... na verdade não precisa fazer uma conferência de imprensa."

"... Mm? Por que não?"

Quando Yu Rin mostrou uma expressão perplexa, a sorridente Yu Sae Jung deu alguns passos para alcançar as cortinas que fechavam a janela.

"Bem, temos muitos repórteres por aqui."

*Shaaa*

Então, ela abriu as cortinas.

Quase ao mesmo tempo, incontáveis ruídos e explosões de luz começaram, como se fosse para iluminar o céu noturno. Eram os flashs das câmeras dos repórteres, que pareciam ter, sobrenaturalmente, notado que as cortinas estavam prestes a ser abertas.

"..."

Yu Rin olhou desconcertada para aquele monte de luzes.

 

* * *

 

— Foi o Caçador Kim Sae Jin quem enfrentou os perigos de mergulhar nas profundezas do rio para se livrar do círculo mágico de invocação do Leviatã. Eu só estava lá para dar apoio...

Enquanto assistia à entrevista de Kim Yu Rin na televisão, Sae Jin estava falando com alguém ao celular.

— Sinto muito. Também não esperava que tudo fosse acabar assim... Ah, você teve que comprar outro telefone?

"Sim. Mas não dá nada. Já queria comprar outro mesmo."

A pessoa do outro lado da linha era a mesma que aparecia na entrevista, Kim Yu Rin. Depois de descobrir a condição de Sae Jin, ela conseguiu seu número de telefone com Yu Sae Jung e fez uma ligação na mesma hora.

"E isso... bem, eu não acho que estou me sentindo mal com todas essas coisas. Na verdade, acho que isso está sendo ótimo."

O impacto da entrevista de Kim Yu Rin foi avassalador.

Ele se tornou o principal assunto das pesquisas, os pedidos de entrevistas começaram a chover; e os oficiais de Seoul perguntaram se poderia disponibilizar um pouco de seu tempo para receber alguns prêmios.

Além disso, várias Ordens de Cavaleiros o convidaram. Não eram as ordens do top dez, mas quase todas entraram em contato. Todos perguntaram se alguma vez já tinha pensado em virar um Cavaleiro.

Kim Sae Jin recusou tudo e comprou outro telefone.

O telefone foi registrado em seu próprio nome. O antigo estava registrado sob o nome de Hazeline, já que o dispositivo tinha sido um presente.

— Sério? Mas ainda assim...

Kim Yu Rin não terminou de falar, mas seu tom era de desculpas.

"Não, tá tudo bem. Mas se você insiste... bem, você pode me pagar uma refeição depois."

— ... Isso está bem para você?

"Claro."

— Bem, então, em Seoul...

"Não, para mim... Seoul é um pouco..."

— Oh, sério? Bem, eu vou até a Província de Gangwon na semana que vem.

Sae Jin terminou a conversa com Kim Yu Rin e se levantou do sofá.

Ainda havia muito a ser feito no dia.

Foi uma decisão que ele tomou depois de pensar muito.

 

* * *

 

Ele foi direto para a Casa de Alquimia Yoseon.

"O prédio em frente ao nosso?"

"Isso."

Por fora, o objetivo de sua visita era para alugar o prédio em frente à Casa da Alquimia.

Hazeline até fez um empréstimo para poder comprar os prédios próximos de sua Casa da Alquimia; e, agora, Sae Jin estava pedindo para alugar o que ficava à frente.

"Uh... Mas por que? Quero a razão primeiro."

Ela, a princípio, planejava montar uma exposição especial focada no Alquimista Goblin, justo no prédio à frente, então estava perguntando com um certo tom relutante.

"Isso... estive pensando em abrir um arsenal."

Por algum motivo, Sae Jin começou a ficar tenso.

Claro, ele estava planejando confessar sua identidade de Ferreiro Orc para Hazeline.

"Aha! Então é para o seu amigo Ferreiro, certo? Então é claro, eu topo!"

"Um ami... eh? O que você quer dizer?"

Quando Hazeline reagiu de forma positiva, inclusive batendo palmas, a expressão de Sae Jin ficou perplexa por um momento.

"Ah... sabe, eu tenho os sentidos bem afiados. Achei que a voz que surgiu na final do Torneio de Ferreiros parecia com a sua, mas, sabe, tem muita gente por aí com a voz parecida, não pensei muito nisso, mas..."

"Mas?"

"Um povo estranho começou a vir aqui – um monte de idiotas... Digo, uns indivíduos diferentes. Começaram a falar sobre o Ferreiro Orc ser uma mulher e tal..."

Diante dessas palavras, Sae Jin começou a coçar a nuca.

Isso estava errado. Não havia nada a ser feito, já que ele tinha que se comunicar com os juízes do torneio, e também confiou nas palavras do povo da estação televisiva, que disseram algo sobre manter segredo sobre sua identidade...

"Foi aí que pensei em algo. O Ferreiro Orc é seu amigo e você atuou como ele, já que, por alguns motivos pessoais, não quer aparecer em público."

Falando até esse ponto, Hazeline parou e soltou um suspiro de triunfo.

No entanto, ela não podia estar mais errada.

E ele iria corrigi-la no mesmo momento.

Mesmo se fosse para apenas uma pessoa, Sae Jin queria contar a verdade para alguém de confiança. Simplesmente não dava para continuar escondendo essa sua situação fodástica para sempre, e isso também não era o planejado.

"... Senhorita Hazeline. O que vou te contar agora, até que eu esteja preparado, deve ser mantido como um segredo entre nós dois."

Todas as conexões que ele tinha construído até o momento eram como um castelo de areia, mas o que tinha com Hazeline não ia um pouco mais além?

Apesar de fazer apenas meio ano, Sae Jin não conhecia ninguém a tanto tempo quanto Hazeline e, também, mesmo se tratando apenas de ela estar investindo no futuro, ainda emprestou-lhe bastante dinheiro, sem hesitar em momento algum.

Mesmo essa confiança sendo apenas uma via de mão única e ela estar pensando nele como um produto...

Sae Jin precisava das conexões de Hazeline, seus talentos e, mais importante ainda, sua amizade, para que pudesse ser capaz de discutir sobre tudo sem manter qualquer segredo.

"Sim?"

Hazeline focou os olhos nele, sua cabeça ligeiramente inclinada diante da seriedade súbita que Sae Jin começou a exalar.

Ele respirou fundo antes de prosseguir.

E, naquele dia, Sae Jin foi capaz de testemunhar com seus próprios olhos o que acontecia quando uma talentosa Maga, uma Elfa Negra, ficava completamente chocada com o que podia existir no universo.

Bem, na verdade, ela provou o que é comumente conhecido como o fenômeno 'Poltergeist'.

 

* * *

 

Hazeline adiou o plano de ampliar a Casa da Alquimia por enquanto e converteu o último andar do prédio no arsenal do Orc. Ela imaginou que, mesmo sem qualquer propaganda, os compradores potenciais fariam fila e, assim, ao invés de abrir um arsenal no térreo e ter um monte de gente da ralé por lá, seria mais inteligente trabalhar apenas com clientes capazes de fazer reservas com antecedência.

"... Bom."

Em uma das paredes interiores, ainda a serem decoradas, Sae Jin pendurou uma placa de ouro que dizia: 'O Ferreiro ORK, afiliado com O Monstro'. Por enquanto, isso era só banhado a ouro, mas em breve seria ouro puro...

"Já está pronto?"

Enquanto ele estava pensando, Hazeline se aproximou e perguntou.

"Sim. Agora só falta encontrar alguém para trabalhar aqui..."

"Não precisa se preocupar com isso. Eu tenho um Elfo Negro de boa lábia em mente. Aliás, já recebeu algum pedido?"

"Claro. Recebi a informação de que a Ordem de Cavaleiros Alvorada paga pelo menos R$10.800.000,00 para qualquer item de Qualidade Média ou superior. Também ouvi dizer que sempre fazem muitos pedidos, já que querem toda a Ordem bem equipada."

 

keyboard_arrow_left Anterior Próximo keyboard_arrow_right
Você pode usar o atalho Ctrl+ ou Ctrl+ para navegar entre os capítulos

Olá, deixe seu comentário sobre o capítulo Um desenvolvimento não progressivo (3)

Enviando Comentário Fechar :/