Capítulo #31: A Aceleração. (1)

Na Área de Caça de Monstros de Nível Intermediário Inferior.

Kim Sae Jin e Yu Sae Jung estavam caçando juntos com um “clima” muito bom. Só tinha passado quase uma hora, mas seu Saco Expansivo já estava praticamente cheio de despojos de Monstros.

— Ah! Houve um aumento no número de Monstros atacando cidades ultimamente. — Como se tivesse lembrado disso apenas agora, Yu Sae Jung abriu a boca enquanto continuavam a procurar pela próxima presa.

— Tem certeza?

— Sim. Então, as Ordens de Cavaleiros começaram investigações profundas sobre esse assunto, mas um monte de coisas deve ser de “caráter” delicado. Classificaram tudo como segredos de alta periculosidade.

— Hmmm. Isso é estranho. Oh! Outro Lobo Escuro está escondido ali. — Sae Jin apontou para um arbusto e falou. Já que era um Lobo Escuro, ele tinha um pouco de simpatia com o Monstro, de qualquer modo, não podia fazer nada agora. Afinal, a lei do mais forte caçar o fraco era impiedosa e cruel.

— Tudo bem. Já o vi.

Era surpreendente um humano localizar um Lobo Escuro, mas Yu Sae Jung agora já estava mais ou menos acostumada a isso—ela apenas respondeu calmamente e reuniu sua Mana. Uma Mana intensa surgiu de cada espada em suas mãos, formando rapidamente uma lâmina refinada.

Sua Mana, comparada a quando conheceu Sae Jin pela primeira vez, tinha dado um grande avanço em cada faceta possível—na densidade, abundância de cor, etc. Quando tinha a perguntado como fez isso, Yu Sae Jung explicou que também possuía uma Peculiaridade a qual a fazia melhorar tão rápido. Claro, ela escolheu não contar os detalhes de sua Peculiaridade também.

— Ha-hat!! — Com um grito alto, chutou o chão e correu para frente. Seu alvo era o Lobo Escuro escondido no arbusto.

*espada cortando o ar*

Seu suave corte horizontal partiu o arbusto ao meio, e o Lobo lá soltou um pequeno ganido antes de morrer imediatamente. Sae Jin abaixou a cabeça para lamentar a morte, mas nem mesmo percebeu.

— Fut! O que você está fazendo? — Após guardar os restos do Lobo Escuro no Saco Expansivo, Sae Jung aproximou-se dele sorrindo.

— Oh! Nada. — Ele deu uma desculpa fajuta.

Yu Sae Jung balançou a cabeça um pouco confusa, antes de pegar o celular com pressa para checar a hora.

— Parece que tenho de ir.

— Ahn? Mas não só se passou uma hora?

— Tenho de ir para O Éden amanhã para o exame de aumento de nível.

— Ah! Sério?

O Éden era o nome dado à maior construção na área dos arranha-céus da província de Gangwon. Muitas vezes chamado de terra sagrada dos Cavaleiros, era um lugar onde o trabalho administrativo envolvendo tudo sobre Cavaleiros acontecia, como o exame de aumento de nível, e também a educação e treinamento dos jovens Cavaleiros talentosos.

— Bem, já que ainda falta um pouco de tempo para meu chofer chegar, por que não tomamos um café? — Sae Jung sorriu e fez a sugestão.

Ele pensou um pouco. Agora, eram 15:30. Ainda estava na parte da tarde, e como já estava planejando ir caçar solo depois, não havia razão para se preocupar com o limite de tempo.

— Sim. Vamos! — Então, Sae Jin concordou com a cabeça.

— Nesse caso, vamos por ali. Eu ouvi que tem uma nova cafeteria na Parada de Descanso chamado “Dawn in Coffee”.[1]

— Por mim pode ser qualquer lugar. Bem, não é como se eu ligasse para essas coisas.

— Sendo assim, você só tem de me seguir.

Eles se viraram e partiram para a Parada de Descanso.

 

*   *   *

 

Logo após chegarem, Yu Sae Jung puxou Sae Jin e entrou na cafeteria. O pedido e pagamento ficaram por conta dela, assim, pediu no balcão e voltou para a mesa.

— Quando o motorista chegará?

Diante de pergunta, Yu Sae Jung demorou para responder e checou o telefone primeiro.

— Trinta minutos. Por volta de trinta minutos. — Seus olhos não deixaram a tela de cristal líquido enquanto respondia. Então, continuou em silêncio. Julgando a maneira pela qual continuava a lamber os lábios, parecia estar um pouco tensa.

Yu Sae Jung estava prestes a ir para um campo de treinamento no O Éden por uma semana a partir de hoje, a terra sagrada dos Cavaleiros. Apesar de ser quase impossível para alguém de dezoito anos virar um Cavaleiro de Nível Intermediário, ela ainda tinha que continuar indo para vários desses testes para o seu inevitável aumento de nível no futuro.

— Ahnn... Está nervosa?

Ela balançou a cabeça para os lados imediatamente o respondendo. Contudo, sua resposta estranhamente rápida apenas serviu para reforçar o conceito de ela estar tensa.

— Não, nem um pouco. Quero dizer, eu nem estou esperando nada mesmo. Minhas realizações e habilidades estão muito longe de ser do Nível Intermediário, enfim.

— ... Se você diz.

No entanto, como ela implicou, seu nervosismo inicial se acalmou com o tempo.

Parecia que, enquanto tomavam café e conversavam, ela podia sentir sua mente acalmando-se gradualmente.

— Você tem um… ótimo cheiro.

Vinte minutos tinham se passado. O café tinha arrefecido, e os assuntos para conversar acabado. Enquanto Sae Jin olhava o telefone sem conversar, de repente, Yu Sae Jung murmurou como se estivesse morrendo.

— Oh! Obrigado. Apesar de eu não usar perfumes.

— Percebi. De qualquer modo, nunca ouvi falar de um perfume igual esse. — Yu Sae Jung o olhou e franziu ligeiramente. — Mas há algo diferente no seu odor. Quando estou próxima a você, minha mente se acalma inexplicavelmente. Sendo sincera, até um tempo atrás, eu estava realmente nervosa, entende? Mas quando continuei a sentir o seu cheiro… — Ela parou de falar e inspirou ar cuidadosamente. O ato foi profundo, como se fosse para transmitir que mesmo uma simples cheirada podia ser um ato elegante. — Realmente, isso ajuda a acalmar minha mente. Estou certa de que você não sabia disso, não é? Normalmente uma pessoa não sabe sobre o próprio odor, então…

— Ow…. Sério? É verdade, eu não sabia.

Falando honestamente, claro que ele já sabia. Isso era culpa de sua Habilidade Passiva criada da sua Peculiaridade. A Fragrância de um Lobo supostamente teria efeitos especiais… no sexo oposto. Era muito provável que Yu Sae Jung estivesse submetida a esse efeito agora.[2]

— Ainda assim, é fraco, então, se não fosse um lugar fechado, não seria fácil de sentir. Especialmente na floresta. O cheiro de sangue e Monstros é muito forte lá.

— Por essa razão você quis vir para cá?

— ...Sim, essa foi uma das razões.

Enquanto ela falava e sorria, o telefone na mesa vibrou e tocou com uma notificação.

— Ah! Parece que ele chegou. Eu devo ir agora. — Yu Sae Jung levantou do assento, Sae Jin a seguiu.

— Hm. Dê o seu melhor.

— Okay, obrigada. A propósito… depois, quando eu precisar de sua ajuda novamente, posso te incomodar para um favorzinho?

Em resposta ao pedido fofo, Sae Jin acenou com a cabeça enquanto sorria.

Ao mesmo tempo, uma janela de mensagens apareceu.

 

A Aceleração (1)

 

— Bem, eu devo ir primeiro. E… por favor, não me dê tchau lá fora. Meu pai… também veio hoje. — Yue Sae Jung falou com remorso. Mas Sae Jin concordou com a cabeça como se isso fosse a coisa mais óbvia do mundo.

Após a ver saindo, ele partiu para a Área dos Monstros. A verdadeira caçada estava prestes a começar.

 

*   *   *

 

A Peculiaridade de Sae Jin continuou a melhorar. Ele caçava diligentemente na Área de Caça Intermediária, e com exceção de um punhado de Pedras de Mana que usaria para criar poções, engolia todas.

No entanto, como sempre, o problema estava na evolução. Ele não conseguia evoluir não importava o quê.

Não, ele ainda não tinha um destes.

Um Goblin Mandingueiro.

Kim Sae Jin, atualmente na forma de Lobo, observava em silêncio a distante Aldeia Goblin enquanto se escondia no matagal. Ele descobriu por uma coincidência essa Aldeia em expansão, localizada no pé da montanha. E era muito fácil discernir os tipos de Goblins que viviam lá. Sae Jin tinha apenas que olhar para os Totens que carregavam.[3]

Aqueles carregando os Totens eram capazes de fazer mandingas, os Mandingueiros. Apesar de parecerem ser um bando de fracotes, todos fracos e pequenos, a reputação deles era alta o suficiente para atravessar o céu.

E ela não era um simples resultado da paixão que tinham por Mandingas mortais. O problema era que não se acharia um monte de despojos na Aldeia após desbravar todas as perigosas maldições e conquistá-la. No mínimo havia chance de encontrar poções nas Aldeias, pois essas são especializadas em medicina, mas também não tinha sentido em atacar um lugar cheio de Mandingueiros, já que esse tipo de ação significava muito o antigo provérbio: “Grande risco; Pouco retorno”.

Contudo, isso só se aplicava para aqueles que viam os Monstros apenas pelo valor monetário.

Naquela vez, eu evolui após matar um Goblin.

Honestamente, era um pouco difícil de chamar aquilo de evolução para a sua Forma Goblin. Foi muito mais um ganho de conhecimento e passar por várias coisas.

*Gulp*

Sae Jin engoliu a saliva inconscientemente. Um Goblin Mandingueiro. Era um oponente que o ele atual acharia difícil de lidar. Claro, se fosse um X1, não haveria muitos problemas, porém, infelizmente, a vida não ligava muito para seus sentimentos.

Preciso matar um Elite ou algum mais forte.

Ele entendia que matar um Goblin normal era perda de tempo. Como daquela vez, ele precisava matar um Goblin Elite, o que tinha um monte de tatuagens no corpo.

Usando seus olhos de lobo, seu olhar adentrou na Aldeia.

O alcance limitado de sua visão expandiu-se gradualmente. Ela parecia não conhecer o significado de limites físicos, e continuou a se expandir até que finalmente localizou um Goblin adequado.

Estava localizado nas partes mais profundas do local; e era notável devido a estar praticando algum tipo de ritual. E também usava um arnês, demonstrando sua posição de Cacique da aldeia, seu corpo servia de hospedeiro para várias tatuagens.

Era esse.

O desejo selvagem de Lobo se espalhou do seu coração bestial e fez seu corpo tremer um pouco. Ele pensou sucintamente sobre as maneiras de matar aquele Goblin. Contudo, era bem simples, na verdade.

Ele iria avançar pelo lado da montanha, morderia o Goblin Cacique até a morte e cairia fora dali. Da sua posição até onde o Goblin estava, usando toda sua velocidade, levaria apenas dez segundos.

No entanto, ele pensou que faltava algo neste plano. A velocidade dos Goblins em lançar mandingas era astuciosamente rápida. Se quisesse evitar ser amaldiçoado e morrer, teria de ser mais rápido.

Ele pegou o pequeno saco pendurado no seu pulso e puxou um pequeno frasco de poção. Era uma poção de Grau Intermediário chamada “A Coragem de um Goblin’, capaz de melhorar os atributos físicos temporariamente.

O frasco era tão pequeno quanto uma réstia de poeira na palma gigante de uma besta, o que deixava difícil de abrir a tampa. Então, ele apenas engoliu o frasco inteiro. Os efeitos da poção apareceram com rapidez. Seus músculos expandiram e seu corpo sentiu-se quente.

Sae Jin se agachou e tomou pose de começar uma corrida. E, finalmente, ativou a última parte do processo do doping.

 

A Aceleração (1)

 

Normalmente, a habilidade Guerreiro da Reviravolta auxiliava na durabilidade e força, como também com a resistência à dor; tinha pouco a ver com aumento de velocidade. Mas, para ele, havia a necessidade de aumentar a durabilidade e resistência à dor agora.

O coração do lobo, o de uma besta, podia controlar livremente a circulação de sangue. Se pudesse aumentar a taxa de circulação do sangue por um momento, então conseguiria mostrar um aumento de poder total.

*Grrr*

O sangue em seu corpo circulou rapidamente como um líquido em ebulição. Como a sensação de seu corpo pronto para explodir devido ao agitante calor espalhando-se, sentia uma inexplicável sensação da percepção de tempo diminuindo para passos de tartaruga.

Ele podia ver claramente o vento, e o ver mexendo as folhas da relva. Todas as suas preparações agora estavam completas. Imediatamente, se impulsionou no chão, com força.

Uma ilusão do mundo se distorcendo surgiu. Com a incrível pressão criada por sua velocidade, o ambiente estava sendo implacavelmente comprimido, e toda vez que dava um passo o chão afundava.

E quando ganhou velocidade suficiente, ativou o Ímpeto de Redemoinho. Sua velocidade passou a do som. Movendo-se tão rápido que nem deixava imagens residuais, a besta era como um raio calamitoso.

— ...!!

No piscar de um olho, que não durava dois segundos, Sae Jin chegou na frente do Goblin Cacique. E, antes da expressão do Goblin ter tempo de mudar, as presas cruéis do lobo partiram para o seu pescoço.

Kwajeeck.

Sae Jin começou a correr de novo, com o Goblin preso entre suas mandíbulas. Ele obviamente não queria ser amaldiçoado por ficar brincando por aí.

 

A Aceleração (1)

 

Essas mensagens apareceram. Kim Sae Jin corria com um grande sorriso no rosto.

Espiritualismo—que ótima habilidade acabou de ganhar. Não, ao invés disso, devia ser chamada de Mandinga? Qualquer que fosse o caso, ele estava muito mais que satisfeito. Para transformar coisas em espíritos e guardá-las no seu corpo, o que faria seus atributos aumentarem—não significava que uma nova maneira de usar seus equipamentos tinha aparecido?

E, ainda por cima, as Tatuagens Mágicas pareciam não ter limites de como poderiam ser utilizadas.

*Grrr*

Sae Jin chegou nas margens de um córrego com poucos rastros de atividade humana, assim, abaixou o Goblin morto para procurar pelos despojos.

Todavia… seu braço esquerdo não se mexia.

— ...? — Confuso, ele olhou para o seu braço.

Estava saindo uma aura negra como vapor… era uma maldição.

...Oh, merda. O viadinho ainda conseguiu me amaldiçoar num espaço de tempo tão curto.

KWOAAAAAARRR!!

Hoje, ele gravou em seus ossos o porquê de vários Cavaleiros e Caçadores darem o melhor de si para evitarem confrontos com Goblins Mandingueiros.


*1:  O nome na RAW está em inglês também, é como o autor quis deixar. É uma provável franquia estrangeira na novel. Eu traduziria como Amanhecer no Café.

*2: Esse habilidade é tão Old Spice (https://youtu.be/yAWJUUKnicE)

*3: Não é exatamente Totem, mas sim Sotdae, algo tradicional da Coréia.

keyboard_arrow_left Anterior Próximo keyboard_arrow_right
Você pode usar o atalho Ctrl+ ou Ctrl+ para navegar entre os capítulos

Olá, deixe seu comentário sobre o capítulo A Aceleração. (1)

Enviando Comentário Fechar :/