Capítulo #14: Uma Besta Espiritual, o Lobo Divino. (3)

O que! Ei, você filmou isso? Oii! Eu perguntei se você filmou aquela merda!Os altos gritos das equipes de TV podiam ser ouvidos.

Vocês conseguiram ver aquilo? Em volta do Lobo, várias luzes translúcidas começaram a aparecer uma a uma, como se a criatura pudesse manipular Mana… huh?Depois, foi a vez dos repórteres gritarem na frente das lentes das câmeras.

Contudo, não se importando com isso, o Lobo virou e rapidamente pulou do topo da montanha. A câmera rapidamente tentou o perseguir, mas, ele já tinha sumido sem um rastro.

— Hmm… — Hazeline franziu a testa enquanto assistia ao display holográfico projetado do seu telefone celular.

Uma Besta Espiritual, uma Criatura Divina. Um ser misterioso, que alguém pode ou não ver apenas uma vez em toda a sua vida.

Quando ela tinha 25 anos, viu uma Besta Espiritual, a “Tartaruga Negra”. Mesmo que fosse gigante, devido a sua natureza calma, não se movia muito. Achada originalmente no Leste da China, era uma criatura que teria vivido seus dias em estupor, mal movendo uma de suas pernas. Mas no final foi morta, por causa do filho de alguém rico do Oriente Médio que sofria de uma doença fatal.

A criança sofria de Inchaço de Mana. Para curar este tipo de doença relacionada a Mana, que não podia ser curada por alguma poção conhecida pelos homens e sujeitava o doente a um sofrimento terrível antes de matá-lo, a Tartaruga Negra, que tinha vivido 400 anos ou mais em vários outros mundos, foi transformada em um ingrediente medicinal em um dia.

*knock knock*

O som de batidas na porta trouxe Hazeline de volta ao presente, vinda das reminiscências do passado, ela deu uma olhada no relógio para confirmar a hora. Agora era 11:50. Também era a hora de se encontrar com o alquimista após finalmente conseguir contatá-lo.

— Por favor, entre.

A figura entrando suavemente era um homem vestindo um manto.

— Bem-vindo de volta.

— Sim, é bom ver você novamente.

Os dois trocaram apertos de mão e se sentaram enquanto olhavam um para o outro.

— Como tem andado? Você… — Hazeline balançou a cabeça, confusa. Alguma coisa estava diferente nele… Em um instante, ela conseguiu descobrir o que estava diferente após fungar.Entendi, você comprou um perfume...

O sutil, mas prazeroso, cheiro vindo de Sae Jin fazia cócegas em seu nariz. Não era leve, mas também não forte, o odor no ar se estabeleceu maravilhosamente. Ela acabou fechando os olhos inconscientemente, saboreando o cheiro antes de voltar aos seus sentidos e dar uma tossida falsa.

Heuhm. Está tudo bem. Se não for muito problemático, posso saber onde você comprou esse perfume?Hazeline possuía um nariz muito sensível, tornando-a muito interessada e informada a respeito de perfumes. Seria difícil, muito difícil ignorar um cheiro tão maravilhoso. Ela apenas tinha de ter isto na sua casa, do contrário nunca ficaria satisfeita.

— Eu não usei perfume. É tudo natural. — Sae Jin apenas sorriu e balançou a cabeça.

As sobrancelhas de Hazeline menearam um pouco. Com certeza ele não estava com essa fragrância na primeira vez que se encontraram. Naquela vez, ele não tinha nenhum “odor corporal”. Então por que estava tentando vender uma mentira incontestável?

— Ah, é isso~ Você tem… um odor natural muito bom. — Porém, Hazeline podia apenas performar o “Sorriso Capitalista” por enquanto. Como ele atualmente tinha a faca e o queijo na mão, ela podia apenas evitar de deixá-lo chateado.

— Ah, sim. Obrigado. —  Sae Jin engoliu saliva enquanto se sentia estranho e respondeu. Ele podia muito bem dizer o que ela estava pensando neste exato momento. Ela provavelmente pensava que ele estava contando uma mentira cabulosa. Mas Sae Jin não estava disposto a arrumar este mal-entendido. A Fragrância de um Lobo era uma Habilidade Passiva que não podia ser desativada de acordo com a sua vontade.

— Hahaha, então, está tudo bem se acabarmos o prólogo aqui?

Quando Sae Jin respondeu positivamente, Hazeline tirou um papel de uma gaveta da mesa. Era um papel A4 normal, em branco.

— Isto é?

— Como eu tinha mencionado pelo telefone ontem… — Hazeline falava enquanto o entregava uma caneta.

Pensando em outra coisa, foi apenas ontem que Sae Jin percebeu que ele poderia receber chamadas para sua casa diretamente em seu bracelete TV.

— Por favor, escreva abaixo todos os ingredientes que quer adquirir... Iremos achá-los para você. Portanto, a menos que não seja nada como o coração de uma pessoa ou um Tigre Dentes-de-Sabre, é possível encontrar dentro de um mês. Uma das regras que as Casas da Alquimia seguem é a da circulação de ingredientes medicinais, você sabe. Ah, não tem de se sentir culpado. Não é um serviço grátis, então terá que comprá-los da gente. Contudo, podemos vender a um preço baixo para você. Provavelmente, será algo em volta da metade do que iria pagar no mercado.

— Oh, certo. Obrigado.

Sae Jin pegou a caneta e pensou muito sobre o que escrever, até que seus olhos, involuntariamente, “caíram” nas imagens do display holográfico.

Era a cena do Lobo Escuro, com a lua cheia servindo de plano de fundo, a que ele deliberadamente se mostrou diante das câmeras como um… serviço extra.

Aquele momento, foi uma das noites que fez suas emoções esquentarem, então ele acabou criando uma bagunça… Mas agora que viu suas ações, seu rosto ficou todo vermelho.

— Ah, Bestas Espirituais devem ser evitadas. — Entendendo errado a razão de seu olhar, Hazeline levantou o dedo indicador e balançou de um lado para o outro, fazendo uma cara séria.Caçar uma Besta Espiritual é imoral e ilegal, entende? Não temos ideia se a Besta Espiritual tem influência direta na área em que reside. Pode haver um grande desastre, como um deslizamento, se esse Lobo for caçado.

Foi isso o que aconteceu quando a Tartaruga Negra foi morta. Logo após sua morte, a Mana do fundo do oceano perdeu o ponto de concentração, assim transbordando, o que resultou em um tsunami massivo que engoliu o litoral Leste da China.

— Isso mesmo. Não, definitivamente não. Nunca deveríamos matar um Lobo tão maneiro. — Ele engoliu a risada de volta e, genialmente, falou de uma maneira natural.

Já que ela obviamente não sabia que Kim Sae Jin era esse Lobo, Hazeline olhou para o display e continuou a falar.

— Sim, bem. É uma criatura maneira, o que tem a ver, de algum modo, com sua aparência confiável, e também com a personalidade de ajudar pessoas em apuros. No entanto, mais que tudo isso, eu amo aqueles olhos que parecem a lua cheia. É muito compreensível o porquê das garotas estarem ficando loucas por ele nas redes sociais, hoje em dia. Honestamente, mesmo eu compartilhei algumas coisas no meu Profile Book. Oh, por acaso, você também tem um Profile Book[1]?

— Hehe… não, não. Eu não uso redes sociais. — Vendo Hazeline brincando assim, até Sae Jin mostrou um sorriso misterioso. Ela o olhou com olhos cheios de questionamentos, no entanto, fingindo que nada estava errado, ele continuou escrevendo no papel.

A Bondade de um Goblin era impossível sem as presas de um Tigre Dentes-de-Sabre, então, ele anotou ingredientes para outras poções. Sae Jin já tinha até pensado nos nomes antes. A poção para fortalecer os status de quem bebesse seria chamada de “A Fúria de um Goblin”, e…

— Se você puder achar isso, ficarei grato. — Quando ele a entregou o papel, ela analisou cada palavra detalhadamente, mesmo que estivesse agindo desinteressada pelo conteúdo. Era uma lista normal de ingredientes, que não parecia diferir do que outros alquimistas pediriam.

— Ok. Logo que os encontrarmos, ligaremos para você. Oh, e… se estiver tudo bem para você, continuará com nossa parceria no seu próximo lote de poções também…?

— Sim, continuarei. — Sae Jin falou sem um pingo de hesitação. Sendo honesto, ele não podia realmente ir a qualquer lugar, já que só conseguia se manter como um humano por duas horas ao dia.

— Wah, Sério? Você é verdadeiramente decidido, Sir. Normalmente, outros alquimistas iriam ficar relutantes, no entanto, o Sir Alquimista não.

— É Kim Sae Jin. — disse a ela enquanto estudava seus olhos. Ele podia ver a surpresa em seus olhos de jade com sua introdução de si. — E minha raça é humana.

Sae Jin colocou sua mão para frente. Hazeline olhou para sua mão por um momento antes de soltar um sorriso e balançá-la.

— Sim, Sir Alquimista, Kim Sae Jin. Irei dar o meu melhor para ter certeza de que você não se arrependerá de ter escolhido a Casa da Alquimia Yoseon.

Quando o aperto de mão acabou, os dois levantaram de seus assentos.

— Está bem na hora do almoço, você já almoçou?

— Sim, eu já almocei.

— Se esse é o caso, por que nós, juntos… Eh? — Com a resposta de Sae Jin, Hazeline balançou a cabeça confusa, ponderando se tinha escutado errado.

Uma Elfa como ela não estava acostumada com rejeições como essa. E de um homem, nada menos… Foi obviamente a primeira vez em sua vida. Mesmo que tenha sido uma recusa gentil.

— Eu já almocei.

— Mas ainda não é meio-dia?!

— Ah! Eu normalmente como um pouco mais cedo. Minhas desculpas.

Claro, ele tinha suas próprias razões infortunas para fazer isto, mas a profundamente chocada Hazeline podia apenas assentir com a cabeça após piscar, repetidamente, desacreditada por um tempo.

— Ah! Sim, bem, sim, ok… Claro… claro, é isso, tem de ser…

— Sim, bem, talvez quando tivermos tempo depois. Então, com licença. — Suas últimas palavras deram o golpe decisivo.

Hazeline ficou boquiaberta. Ela não conseguia entender a situação, não importa o quê. Ele disse “quando tivermos tempo depois”, mas, normalmente, era ela quem dizia isso. Ela não era a que recebia um não. Isso foi um choque indesejado em seu sistema, algo que não conseguiria entender nunca.

Hazeline observou as costas de Sae Jin saindo de seu escritório, aturdida, totalmente esmigalhada em sua cadeira.

— … — E continuou nessa posição por 10 minutos, olhando como se sua alma tivesse sido retirada.

*sniff, sniff*

Por puro acidente, acabou cheirando o ar em sua volta. A fragrância tinha ido embora agora. Ela sentiu-se um pouco desamparada.

*sniff, sniff*

Ela pensou que tinha se tornado uma Soo In, mas, na realidade, nada podia ser feito. Havia um leve traço daquela fragrância em seu nariz, deixando-a ainda mais desamparada. Mesmo que só tenha sido por dez minutos.

— Eu deveria ter perguntado…

Se isso podia fazer alguém sentir falta de outro só com o cheiro, então, sem dúvida, era um excelente perfume.

Se estava nesse nível, então deveria ter descoberto qual era, mesmo com o risco de perturbá-lo. Ela murmurou devagar, seu rosto cheio de arrependimento.

Hazeline continuou a cheirar o ar por um tempo, antes de se encontrar pesquisando por perfumes masculinos na internet.

 

*   *   *

 

Sae Jin conseguia ouvir pessoas falando sobre o Lobo Espiritual frequentemente, por todo lugar que andava. Estudantes, Cavaleiros e até Magos—parecia que todo morador da Província de Gangwon tinha falado sobre o Lobo pelo menos uma vez. E mais conteúdo estava sendo adicionado à história do Lobo Espiritual, simples assim.

Já que ele podia permanecer um pouco mais como Humano, Sae Jin escolheu andar até a Área dos Monstros pelo caminho oficial, pela Recepção até a entrada. Este era o local onde os Cavaleiros e Caçadores podiam descansar antes de irem caçar ou depois de terminarem isso.

Não era, originalmente, um lugar calmo, para começar, mas agora, com os inúmeros repórteres tentando conseguir mais histórias da Besta Espiritual, estava muito mais caótico que o normal.

— Ah! Agora, pensando sobre isso, o grito daquela coisa era tipo, há um Monstro ali a frente, então não vá~ É isso que significa, não é? Seria algo muito esperto voltar após sentir-se aflito por causa do uivo.

— Então, significa que o Sir Caçador também viu a Besta Espiritual?

— Eh...? Ah~ bem, mais ou menos. Mas, mas, eu realmente ouvi isso com minhas orelhas. Eu ouvi! Era um Awooooo e tudo mais. Eu também sei que, bem, os Lobos na Área de Monstros nunca uivam, certo? Sinceramente, quando eu estava pensando “devo ir mais longe~?” o uivo do Lobo veio e fiquei surpreso, apenas fugi logo dali.

— Isso significa que a Besta Espiritual já ajudou pessoas a fugirem antes disso?

— Yep, isso mesmo. Estou falando isso para você, não dá para ver uma criatura mais esperta do que aquela. Oi! Aquele homem ali, é o Caçador que foi salvo pelo Lobo Marrom—hey, hey, Sir Kim Tae Jo!! Venha aqui. Este repórter quer te perguntar umas coisas…

Sae Jin sorriu satisfeito enquanto ouvia todas essas conversas.

Para ele, parecia que a popularidade da história iria continuar por um longo tempo, pois aquelas pessoas que queriam atenção acabavam aumentando a história, sempre adicionando mentiras.

 

Notas do Capítulo:

Avaliação e Análises: Se você realmente está gostando de A Monster Who Levels Up, por favor, considere dar 5 estrelas na Central Novels: Central Novel

*1: Uma rede social, igual ao facebook, twitter, etc. 
keyboard_arrow_left Anterior Próximo keyboard_arrow_right
Você pode usar o atalho Ctrl+ ou Ctrl+ para navegar entre os capítulos

Olá, deixe seu comentário sobre o capítulo Uma Besta Espiritual, o Lobo Divino. (3)

Já temos 6 comentário(s). DEIXE O SEU :)
Antônio Garcia

Antônio Garcia

Depois desse fora a elfa vai se apaixonar de vez. Obrigado pelo capítulo
★★★★★DIA 15.06.18 16h31RESPONDER
Fefe
Enviando Comentário Fechar :/
Iago Silva

Iago Silva

Da uma olhada na parte de recuperar a senha do site depois, manda o codigo mas nao manda a senha, so consigo comentar quando pego o codigo toda vez no email, é mto complicado assim.
★★★★★DIA 15.06.18 14h46RESPONDER
MTS, Fefe
Enviando Comentário Fechar :/
Antônio Garcia

Antônio Garcia

Verdade, a maneira de comentar nesse site é um pouco complicada
★★★★★DIA 15.06.18 16h31RESPONDER
Fefe
Enviando Comentário Fechar :/
MTS

MTS check_circle

Passei a reclamação para a administração! Obrigado!
★★★★★DIA 15.06.18 20h47RESPONDER
Iago Silva
Enviando Comentário Fechar :/
Iago Silva

Iago Silva

Mano o desenvolvimento esta muito bom!
★★★★★DIA 15.06.18 14h45RESPONDER
Fefe
Enviando Comentário Fechar :/
Lucas Lopes

Lucas Lopes

To gostando bastante da historia, agradeço pelo ótimo trabalho
★★★★★DIA 14.06.18 00h59RESPONDER
Fefe
Enviando Comentário Fechar :/
Enviando Comentário Fechar :/